- Publicidade -
13.3 C
Balneário Camboriú

Estacionamento rotativo custa à prefeitura mais que o dobro do que arrecada

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Por erros na concepção e na gestão, o estacionamento rotativo de Balneário Camboriú custou à prefeitura, nos últimos dois anos, R$ 1.570.433,00 e arrecadou R$ 740.000,00.

Neste ano, até o momento, para uma despesa de R$ 541.000,00, a prefeitura arrecadou apenas R$ 247.000,00 e a maior parte dessa arrecadação ocorreu no primeiro trimestre.

- Publicidade -

O sistema adotado em Balneário Camboriú é patético, praticamente não existe fiscalização e dessa forma o principal beneficiado é o fornecedor que recebe um aluguel mensal, independente do que for arrecadado.

A prefeitura realizou diversos estudos para o estacionamento rotativo, mas acabou adotando uma solução ruim, baseada em aluguel de equipamentos.

A previsão era arrecadar neste ano com o estacionamento cerca de R$ 2 milhões, mas decorrido quase todo o primeiro semestre, conseguiu obter apenas 12% desse valor.

Na última terça-feira (15), o vereador Marcelo Achutti indicou ao prefeito Fabrício Oliveira que suspenda imediatamente a cobrança do estacionamento rotativo, porque a cidade está há mais de um ano sem transportes coletivo e as pessoas precisam ir de automóvel para trabalhar, acumulando despesas e multas.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -