- Publicidade -
- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Jornal Página 3 doa acervo para o Arquivo Histórico de Balneário Camboriú

O Arquivo Histórico de Balneário Camboriú recebeu exemplares do Jornal Página 3 impressos entre 2007 e 2014. O acervo foi doado na quinta-feira (17) e conta com 15 volumes encadernados em capa dura.

Não é a primeira vez que o Página 3 faz doações ao Município. 

Em julho de 2021, em comemoração aos 57 anos de Balneário Camboriú e aos 30 anos do jornal, a empresa entregou 24 volumes encadernados em capa dura com exemplares de 1991 a 2007, além de fotografias e arquivos digitais.

- Publicidade -

Ao total, o acervo doado pelo Página 3 tem mais de 38 mil fotografias em papel, 39 volumes encadernados dos jornais impressos entre 1991 e 2014, 970 arquivos digitais contendo edições entre 2003 e 2018, edições em espanhol (produzidas quando os turistas argentinos vinham a Balneário Camboriú em grande quantidade) e exemplares da Revista Melhores Imóveis (que era considerada o principal veículo de publicidade impressa para o setor imobiliário da cidade).

O material completo está disponível para estudo e pesquisa de forma gratuita. 

Para isso, basta visitar o Arquivo Histórico (Terceira Avenida, nº 1325, esquina com Rua 2500, no mesmo prédio da Biblioteca Municipal Machado de Assis), de segunda-feira a sexta-feira, das 8h30 às 19h.

Sobre a nova doação

Seu Wilmar surpreendeu a todos com o presentão que esta semana foi doado ao Arquivo Histórico. Esta foi a segunda doação para os registros históricos de Balneário Camboriú. Na foto, com a jornalista Marlise Schneider Cezar, uma das fundadores do Página 3 em 26 de julho de 1991. (Foto Pedro Cezar Schmidt)

Em julho deste ano, quando o Página 3 completou 31 anos, recebeu de presente os 15 volumes doados esta semana ao Arquivo Histórico.

Os jornais estavam ‘estocados’ na Encadernadora Cinco Estrelas aguardando a encadernação. 

Com a chegada da ‘era digital’, o jornal tornou-se online e aqueles exemplares ficaram guardados na encadernadora.

O proprietário, Gerhardt Wilmar Fallgatter decidiu vender a encadernadora, mas não queria ‘eliminar’ aqueles jornais, mesmo que todos eles já estavam em arquivo digital. Então ele decidiu encadernar os 15 volumes e surpreendeu a todos com o presente. (leia aqui)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -