- Publicidade -
- Publicidade -
16.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Prefeitura lança licitação para macrodrenagem na Praia Central: investimento deve chegar em R$ 32 mi

A prefeitura de Balneário Camboriú lançou, nesta semana, o edital de licitação da macrodrenagem da Praia Central, obra importante e que será desenvolvida da Rua 2.000 até o Pontal Norte, na Avenida Atlântica. 

A macrodrenagem que será executada é complementar à obra de reurbanização da Praia Central, após o alargamento, e é estimada em R$ 32 milhões (a licitação publicada prevê um custo de execução de aproximadamente R$ 12 milhões, e mais R$ 20 milhões para aquisição das aduelas de concreto pré-moldadas que serão utilizadas na obra).

O objetivo da obra de macrodrenagem, que recebeu licença ambiental recentemente (relembre aqui), é proteger a praia e o aterro (alargamento) feito em 2021, bem como amenizar o problema de escoamento de águas pluviais quando chover forte, evitando alagamentos e prejuízos na orla.

- Publicidade -

O prefeito Fabrício Oliveira detalhou que a obra terá a extensão de 2,4 km, sendo implantada na Praia Central, paralelamente ao atual calçadão, da Rua 2.000 até o Pontal Norte. 

“É uma enorme galeria de 3 metros de largura, com altura que varia de 1,5 a 2 metros, que irá mitigar o problema de alagamento, ressacas e de erosão da praia quando houver fortes chuvas. É uma obra de proteção costeira complementar ao alargamento da Praia Central, que protege a orla de prejuízos causados por eventos climáticos acentuados e pelo avanço da maré”, disse.

A obra de macrodrenagem que está sendo licitada é fruto de um estudo de bacias contributivas de 7km2 que será dividido em duas grandes obras, Norte e Sul, sendo que esta macrodrenagem Norte é a primeira que será executada. 

A previsão de conclusão da obra é de 12 meses. A licitação publicada prevê um custo de execução de aproximadamente R$ 12 milhões, e mais R$ 20 milhões para aquisição das aduelas de concreto pré-moldadas que darão agilidade e segurança à obra. Ou seja, R$ 32 milhões ao total.

Esta obra da Praia Central será conectada com a macrodrenagem existente na Avenida Atlântica e também com o Rio Marambaia e sua bacia, com objetivo de contribuir com o escoamento de drenagem dos bairros das Nações, Ariribá, Pioneiros e Centro. 

Depois de implantada, a macrodrenagem da praia funcionará em conjunto com o canal do Rio Marambaia e a macrodrenagem existente na Avenida Atlântica, num sistema trinário.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -