- Publicidade -
- Publicidade -
15.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Reurbanização da Avenida Atlântica prevê 18 trechos pagos pela construção civil

A nova Operação Urbana Consorciada que está sendo elaborada pela prefeitura de Balneário Camboriú, prevê arrecadar R$ 300 milhões, para serem aplicados na reurbanização da Avenida Atlântica e no sistema de macrodrenagem pluvial.

Ainda não existem projetos definitivos para essas obras, mas segundo o engenheiro Edson Kraz, que pilotará a reurbanização da Atlântica, a ideia é dividir a obra em 18 segmentos que seriam executados por construtoras da cidade, em troca de adicionais construtivos.

- Publicidade -

A estimativa é que a obra avance pela gestão Fabrício Oliveira e seja concluída pelo próximo prefeito.

A equipe envolvida nos estudos é experiente, composta por:

  • Rubens Spernau – Ex-prefeito e gestor de potenciais construtivos. 
  • Clélia Witt Saldanha – Fiscal de obras.
  • Fabiano Queiroz de Mello – Secretário de Planejamento e Gestão Orçamentária.
  • Samaroni Benedet – Secretário de Compras.
  • Eduardo Krewinkel – Procurador-Geral.
  • Daniel Brose Herzmann – Procurador municipal;
  • Rafael Alessandro Bazzanella – Procurador municipal.
  • Edson Kraz – Assessor especial para a reurbanização.

“A proposta é trazer para a obra mais importante da história da nossa cidade a mão de obra, a qualificação e a expertise das construtoras de Balneário Camboriú que têm um padrão de qualidade para competir no Brasil e no mundo”, destacou Kratz, detalhando que o grupo envolvido nos estudos está ajustando requisitos técnicos e jurídicos para que a Operação Urbana Consorciada seja transparente e justa.

Kratz disse ao Página que foram feitas avaliações e que em apenas poucas obras na Atlântica e quadra do mar, existe a possibilidade do município arrecadar R$ 280 milhões.

DRENAGEM

A ideia compreende um sistema de macrodrenagem pluvial, com uma galeria de até 12 m2, enterrada na areia da praia, para levar a água da chuva para as extremidades da praia central.

QUIOSQUES

- Publicidade -

O projeto contempla 24 quiosques, mas eles só serão implantados à medida que os trechos forem ficando prontos. E os quiosques atuais serão derrubados também à medida do avanço da obra.

BANHEIROS

Os novos banheiros serão anexos aos novos quiosques, portanto a população continuará usando os -péssimos- sanitários químicos atuais.

TRECHO PILOTO

Um trecho piloto será construído pela construtora FG, que tem dívidas com o município, com base na lei que permite dação em pagamento.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -