- Publicidade -
- Publicidade -
29.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Mercado de Investimentos 

São Paulo é o centro financeiro do país, além da quinta maior cidade do mundo, mas Balneário Camboriú, “Dubai brasileira” também está se tornando referência quando o assunto é o mercado de investimentos. O município é polo turístico que atrai celebridades internacionais, mas também jovens em busca de opções de lazer diversas e adultos que priorizam a melhor qualidade de vida que Santa Catarina proporciona. Neste mercado em pleno crescimento, a EQI Investimentos, corretora de valores que tem como sócio o Banco BTG Pactual, cresceu e mesmo fora do grande polo de investimentos se tornou uma das empresas mais promissoras do mercado. Para sustentar o crescimento, a EQI oferece vagas para que novos profissionais façam parte da sua equipe de assessores, com formação completa e suporte integral para a conquista da certificação CPA20, por meio de uma estrutura própria, dedicada exclusivamente ao desenvolvimento profissional de quem escolhe seguir carreira no mercado financeiro na empresa. Somente neste ano, 800 vagas serão abertas. 

Aquisição na Alemanha 

- Publicidade -

A multinacional catarinense Duas Rodas, de Jaraguá do Sul, líder latino-americana em aromas e ingredientes para alimentos e bebidas, adquiriu a empresa Tropextrakt Gmbh, de Frankfurt, na Alemanha. Com esse negócio, passa a ter operação e centro de inovação em um dos mercados mais competitivos do mundo, além de aumentar a presença internacional de 40 para 70 países. Alinhada com a tendência do mercado europeu, a Tropextrakt atua na importação e distribuição de extratos botânicos e de uma variedade de insumos naturais de frutas tropicais, incluindo purês e sucos concentrados para cerca de 1 mil clientes. A empresa tem também, um laboratório para testes de aplicação de ingredientes para produtos finais, que será transformado de inovação, informa a diretoria de Negócios Internacionais da Duas Rodas. A Tropextrakt já é parceira comercial da empresa catarinense há mais de 20 anos. 

Coamo: 53 anos (1)

“Se quiser ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo”. O provérbio africano diz muito sobre a união que por sua vez é a base do cooperativismo. Um modelo econômico que transformou pessoas, comunidades, realidades e porque não dizer o futuro. Na Coamo, são mais de 130 mil pessoas impactadas diretamente pela força da cooperação. No mundo, são mais um bilhão. Todos envolvidos, crescendo e se desenvolvendo juntos. 

Coamo: 53 anos (2)

Em 1968, um jovem extensionista da Acarpa, atual IDR-Paraná, natural de Brusque (SC), chegou em Campo Mourão, no Centro-Oeste do Paraná, com a missão de fundar uma cooperativa. O recém-formado engenheiro agrônomo, José Aroldo Gallassini abraçou a tarefa e em 28 de novembro de 1970, com um grupo de 79 agricultores colocaram seus nomes na história. Eles nem imaginavam que ao assinar aquela ata de fundação, estariam mudando  suas vidas e de outras milhares de famílias. Com a visão empreendedora, Gallassini sempre frisou que a Coamo não foi fundada para apenas uma geração. “Nós podemos envelhecer, mas a Coamo não”, uma frase do fundador que a maioria das pessoas já deve ter ouvido. Uma frase que norteia as decisões da diretoria e o rumo que se dá à cooperativa. 

Melhor desempenho 

Uma das curiosidades é como foi o desempenho da economia de SC nos últimos meses de 2023, o que indica a variação do PIB no ano e impulso para os primeiros meses de 2024. Santa Catarina, mais uma vez, cresceu mais do que a média do Brasil ano passado. Em novembro, os setores de serviços e comércio repetiram essa tendência. Também melhorou o desempenho na indústria, conforme mostram os dados do IBGE. O setor de serviços que mais pesa no PIB, cresceu em SC 8,3% em 2023, até o 11º mês, segundo o IBGE, em volume. Em novembro frente ao mês anterior teve alta de 1%, frente a novembro de 2022 cresceu 4,4% e em 12 meses, 8%. Nesse indicador, o Brasil cresceu 2,7% no ano, 3% em 12 meses, avançou 0,4% frente ao mês anterior e caiu -0,3% na comparação com o mesmo mês de 2022. 

- Publicidade -

Com estados americanos 

Numa parceria entre a Federação das Indústrias de SC (Fiesc) e a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, ocorrerá dia 2 de fevereiro, na sala da federação, em Florianópolis, a conferência Select-USA-2024, evento econômico para marcar o início das celebrações dos 200 anos de relações diplomáticas Brasil-EUA. Estará presentes equipes oficiais de 10 estados americanos para fazer negócios. O objetivo da conferência é promover a internacionalização de empresas brasileiras para o mercado americano. Entre as lideranças presentes estarão o presidente da Fiesc e o ministro conselheiro adjunto para assuntos comerciais dos EUA. O evento oferecerá oportunidades de conexões para compra e venda de produtos, abertura de unidades comerciais e de produção, incluindo alianças estratégicas mútuas. 

Medicina na Serra 

Em Curitibanos, o Ministério da Educação confirmou autorizar a criação do curso de Medicina do Campus da UFSC na cidade serrana. O anúncio atende a uma reivindicação de mais de 10 anos da comunidade local. Há expectativa de que o ministro da Educação esteja em SC para assinar oficialmente a portaria que autoriza a criação do curso, que poderá ter processo seletivo no segundo semestre deste ano, com 30 vagas. 

Áreas de risco 

Estudo inédito da Casa Civil da Presidência da República e do Ministério das Cidades aponta que o Brasil tem 1,9 mil cidades com moradores vivendo em áreas de risco, mais do que o dobro do que há 12 anos. Dentre elas, Blumenau, em terceiro lugar como de maior risco em todo país, envolvendo diretamente 78,3 mil moradores, ou 21,6% do total da população do município. Sendo assim, deveria estar entre os que exigem maior urgência de investimentos na prevenção de desastres. Mas isso é outra conversa. 

Compulsória 

Querem apostar como não passará de dias, quem sabe até de horas, a determinação da prefeitura de Florianópolis em fazer a internação compulsória para pessoas em situação de rua, população que cresce assustadoramente na cidade. Uma sugestão aos contrários: que leve um deles para suas casas, ou adote. E deixem, a partir de seus gabinetes refrigerados e salários imorais, de jogar a culpa nos outros. Pode ser um bom começo de conversa sobre o assunto. 

Por cima 

Saíram mais duas pesquisas nacionais que jogam SC para o alto. Florianópolis compareceu como a quarta melhor cidade do Brasil para aposentados e a quinta com o valor mais caro pelo metro quadrado de imóvel novo (R$ 10.566). Nesse ranking quem continuam imbatíveis são Balneário Camboriú, em primeiro (R$ 12.470) e Itapema, em segundo (R$ 11.946). 

Escolas cívico-militares 

A Prefeitura de Brusque enviou à Câmara de Vereadores projeto para regulamentar as escolas cívico-militares. O texto foi encaminhado em regime de urgência. Atualmente, o modelo é utilizado na EEF Paquetá, que tem mais de 700 alunos. O texto estabelece regras para o funcionamento do ensino cívico-militar no município, já que o programa nacional foi encerrado pelo governo federal no ano passado. Assim, a administração municipal passa a financiar o funcionamento. A atuação conjunta entre civis e militares na direção das escolas permitirá uma gestão eficiente, focada em resultados, além de uma estruturação pedagógica adequada. O investimento será de R$ 223 mil neste primeiro ano. Inicialmente, o projeto está previsto para funcionamento por três anos, mas pode ser ampliado.

Recorde de cirurgias 

Em parceria com secretarias municipais de saúde e os hospitais, foram operados mais de 200 mil pacientes em 2023 em SC. Desse montante, foram aproximadamente 125 mil cirurgias eletivas (com internação) e 76 mil cirurgias oftalmológicas ambulatoriais, sendo que 45 mil foram catarata. Para realização dos procedimentos o governo do estado investiu R$ 240 milhões. 

Todos por um

 Porque um prédio localizado na aristocrática Avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis, tem risco de cair, já há quem pensa alto, no mundo corporativista bem típico dos tupiniquins, em uma nova fonte de renda para engordar a burocracia e burocratas. Que pode vir por aí se funcionar num lobby na assembleia legislativa para que se institua a obrigatoriedade da “inspeção predial periódica” (já têm nome) no estado. 

Atraso tecnológico 

Já está em vigor a mais nova lei estadual catarinense. É a 18.824/2024, que dá direito de o contribuinte ter acesso a meio de pagamento digital, como o Pix, para a quitação de débitos de natureza tributária, taxas e contribuições. Lei que obrigou o ruim serviço de ferry-boat na travessia entre Itajaí e Navegantes, concedido a um dos mais caros do gênero no Brasil, a aceitar o Pix. Até então só exigia dinheiro vivo. 

SC no radar

O grupo português Endutex está de olho em Santa Catarina. Além de retomar os planos para construção do primeiro hotel no estado, um empreendimento de 160 quartos da bandeira Moov, em Joinville, por lá o estudo de impacto de vizinhança do projeto já está aprovado. A multinacional mapeia oportunidades de negócios em outras cidades. Blumenau, Balneário Camboriú e Florianópolis estão no radar. Há interesse da Endutex de instalar hotéis nessas cidades. Embora ainda não exista nada de concreto, o grupo está olhando “com muita atenção” para estes mercados. 

Arte 

Está a cargo do artista Quiko Nuts a pintura do mural da Altona, no bairro Itoupava Seca, em Blumenau. A arte, que deve estar pronta entre o fim de janeiro e início de fevereiro, vai resumir a história da tradicional metalúrgica, que completa 100 anos em março. Recentemente, Quiko também emprestou o talento para pintar a fachada de outra empresa gigante de Blumenau, a Bella Janela, que se mudou para as antigas instalações da Souza Cruz, no bairro Garcia. 

Catarinenses na Bolsa  

O número de investidores catarinenses na Bolsa de Valores brasileira diminuiu, interrompendo uma sequência de forte alta nos últimos anos. De acordo com dados da B3, 2023 terminou com 243 mil CPFs individuais registrados com origem no Estado. Foi uma pequena queda de 1,03% em relação a 2022, que acompanhou o desempenho nacional. Em todo o Brasil, a diminuição foi de 1,1%, com 4,9 milhões de CPFs. Na prática, SC perdeu 2.534 investidores em ações e fundos em 2023. Analistas de mercado têm sugerido alguns fatores para a retração geral. Uma delas tem relação com o Nubank, que em 2022, anunciou mudanças na forma de negociar papeis na Bolsa. Isso provocou uma queda de investidores. A seca de lançamentos de IPOS (ofertas iniciais públicas de ações) também ajuda a explicar a baixa, já que a estreia de novas empresas na Bolsa tende a animar e atrair novos investidores. A expectativa é de uma retomada de IPOs em 2024. Isso somado ao ciclo de corte da taxa básica de juros (Selic). 

Educação financeira 

A toda hora, legisladores inventam projetos para acrescentar bobagens nos currículos da educação básica da rede de ensino. Mas desta vez em quando há algo de realmente bom. É o caso que propõe a inclusão de conteúdo relacionado à educação financeira e seus conceitos básicos, como a importância de poupar, planejar e gerenciar o dinheiro de forma eficiente, além de ensinar sobre como tomar decisões financeiras inteligentes, como investir, fazer empréstimos e lidar com dívidas. 

Capital cara

O preço dos imóveis para aluguel no Brasil acumulou alta de 16,16% em 2023, em média, de acordo com o Índice FipeZap, bem acima da inflação oficial do país medida pelo IPCA, de 4,62%. Mas entre as capitais, houve saltos ainda maiores. A líder foi Goiânia, com 37,28%, seguida por Florianópolis, com 27,68%.

Balança comercial 

Atividade relevante da economia catarinense, o comércio exterior ficou um pouco mais fraco em 2023. As exportações alcançaram US$ 11,57 bilhões no ano passado, com recuo de -3,3% em relação ao ano anterior. Assim, o Estado respondeu por 3,44% das vendas externas do Brasil. As importações somaram US$ 28,77 bilhões, com recuo de 0,7% frente a 2022. O saldo comercial de SC ficou em -US$ 17,20 bilhões enquanto a corrente de comércio (soma de exportações e importações) alcançou US$ 40,34 bilhões, -1,5% na comparação com 2022, segundo dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento. 

Empate histórico: EUA e China

Uma curiosidade das exportações catarinenses em 2023 foi o empate histórico sobre os mercados mais compradores: Estados Unidos e China. Ambos, responderam por 14,6% do destino das vendas externas de SC no ano. O resultado da balança comercial catarinense foi um pouco menos impactado pelas condições econômicas do mercado internacional e também nacional. O mundo foi menos importador em 2023 porque grandes economias estavam ajustando inflações, com juros altos e também, ainda sofrendo impactos da pandemia e das guerras da Ucrânia e do Oriente Médio. Uma das razões de exportações menores por SC foi o juro alto nos EUA, que limitou as compras de madeiras para construção, móveis, revestimentos cerâmicos e geradores elétricos. O baixo preço da proteína animal, de aves e suínos, também impactou no resultado em dólar, destacou o Observatório Fiesc. 

Novo ministério 

Foi sancionada a lei que cria o Ministério do Desenvolvimento, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte. O texto foi assinado pelo presidente no Palácio do Planalto. A pasta, a 38ª do governo, está em funcionamento desde setembro de 2023, quando foi criada, originariamente por medida provisória, editado pelo governo federal e aprovada pelo Congresso Nacional posteriormente. O órgão resultou do desmembramento do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, durante a reforma ministerial realizada no segundo semestre do ano passado. É responsável por políticas, programas e ações de apoio e formalização de negócios, de arranjos produtivos locais e do artesanato, bem como por estímulos ao microcrédito e ao acesso a recursos financeiros. Dados do Sebrae apontam que as microempresas e as empresas de pequeno porte somam quase 21 milhões de empreendimentos, o equivalente a 99% de todas as empresas nacionais. O setor responde por 27% do PIB e 54% dos postos de trabalho com carteira assinada. 

Terceira faixa 

A possibilidade de fazer um novo teste na BR-101, com a liberação do acostamento para o fluxo de veículos no trecho entre Porto Belo e Piçarras, foi debatido no último dia 16. A reunião teve participação de deputados, prefeitos da região e dos responsáveis pela manutenção e segurança da rodovia. Na oportunidade, foi solicitado um novo teste de no mínimo 15 dias, com a liberação do acostamento nos dois sentidos da via entre Porto Belo e Piçarras, para avaliar a efetividade da medida. A Agência Nacional de Transportes Terrestres, a Polícia Rodoviária Federal e a Arteris Litoral-Sul, empresa concessionária da rodovia, vão elaborar um ofício reforçando a necessidade de intervenções na rodovia. O documento também será avaliado pelo Ministério Público. O primeiro teste foi realizado entre os dias 15 e 17 de dezembro, entre Itapema e a entrada de Navegantes, com horário estabelecido entre 14h e 22h e apenas no sentido Norte. 

Grupos reflexivos 

Os grupos reflexivos para homens autores de violência contra mulheres estão em crescimento em SC. Eram 32 grupos espalhados pelo Estado em 2022; hoje já são 43. Os encontros permitem que os homens reconsiderem e analisem as relações de gênero e suas experiências diárias, gerando novos sentidos e significados em relação à construção das masculinidades e à socialização masculina. 

Super cobertura 

Reduto de celebridades, como Gisele Bundchen e onde está a terceira maior valorização imobiliária do Brasil, na Praia Brava, em Itajaí, há no momento vendas de coberturas pelo valor de R$ 50 milhões ou equivalente a R$ 74 mil por m2. Uma delas fica no Scenarium Brava Norte, da FG Empreendimentos, em fase de pré-lançamento. Os demais apartamentos têm seis tipologias, em quatro torres, com valor médio de R$ 11,5 milhões. 

Colonialismo 

O veterano jornalista Juca Deschamps desabafa em rede social: “Determinados incorporadores acham que seus empreendimentos vão se destacar pelos nomes estrangeiros que inventam de batizar suas obras. Florianópolis deve ser a campeã. Daí, se observa uma empresa lançando o condomínio Santorim. Será que quis homenagear a ilha grega de Santorini? Mas o fato é que, volta e meia, pelo absoluto desprezo de nossos valores tupiniquins, acaba surgindo um “Maison de France”, que ostenta, à sua entrada, uma escultura, em metal, acredite, de um pescador armando sua tarrafa!”

Pior exemplo 

A analista política Eliane Cantanhêde anota que quem é pago para garantir a lei, como é o caso dos promotores de justiça e procuradores do Ministério Público em todo país, fura o teto de R$ 41,6 mil mensais em favor próprio, com mordomia e penduricalhos, como é o caso de SC, o campeão nacional nesta esperteza. O MP-SC tem atualmente uma média salarial de R$ 106 mil, mais que o dobro do que a Constituição autoriza e permite. 

Patrocínio 

O presidente do Brusque e o proprietário da marca brusquense JCanedo, assinaram o contrato que formaliza o patrocínio da marca com o clube. O contrato foi assinado na loja do Centro da marca de vestuário. O vínculo entre as partes tem duração de um ano e conta com opção de renovação. A parceria também conta com ações pontuais entre o clube e a empresa. 

Oportunidades de qualificação 

Para quem procura entrar no mercado de trabalho com uma qualificação bem conceituada ou para quem já tem um emprego, mas tem ambições em crescer na empresa, os cursos da Faculdade Senac Brusque são a melhor opção. Os profissionais que estudam na instituição adquirem grande experiência devido a metodologia aplicada e têm altos índices de contratações e/ou promoção para novos cargos. No fim do ano passado, a unidade de Brusque do Senac anunciou 20 novos cursos de qualificação profissional gratuitos. As matrículas estão abertas e há cursos com início previsto já para janeiro deste ano. A duração da maioria deles é de três meses a um ano. 

Algo mais 

Balneário Camboriú, que é notícia quase diária na mídia nacional, vai comparecer com mais uma por estes dias. Sua Câmara de Vereadores aprovou projeto de lei que multa em R$ 411,93 quem “utilizar, adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização” em ruas ou outras áreas públicas da cidade, como praças, ginásios, repartições e estacionamentos descobertos. O valor pode dobrar se o infrator for reincidente ou caso flagrado com drogas próximo a determinados tipos de estabelecimentos, como escolas, hospitais e casas de espetáculos, entre outros. Entre eles estão as praias do município. A lei será aplicada “sem prejuízo de eventuais medidas no âmbito pessoal”, diz o texto. Para fiscalizar o cumprimento da lei, o projeto define que até 70 guardas municipais exercerão a função gratificada de “fiscal de posturas”. O curioso, porque a grande maioria desconhecia, é que dos municípios vizinhos, sem haver uma combinação prévia entre eles, aprovaram projetos semelhantes em 2023. Em Porto Belo, onde ainda não está regulamentada, a multa estabelecida parte de R$ 360. Em Itapema um projeto parecido foi aprovado em outubro. A multa é de 90 unidades fiscais de referência (R$ 438). 

A vilã 

Nas medições deste mês do custo de vida em SC, especialmente em Florianópolis, no grupo alimentos deverá aparecer uma vilã inesperada: a melancia. Inteira, pela metade ou uma fatia, a deliciosa fruta está custando quase o dobro do valor do ano passado, tanto nas feiras como nos supermercados. A desculpa, que não precisa de provas: o excesso de chuvas prejudicou muito a safra. Em SC o maior produtor é o município de Jaguaruna. 

Sem salário 

Imagina-se a revolta da maioria dos milhares de detentos Brasil afora que trabalham, para redução de suas penas e não recebem nenhuma remuneração. No primeiro semestre de 2023 havia 154 mil presos em regime fechado trabalhando, cerca de um quarto do total de 644 mil no país. Mas praticamente a metade (49,6%) dos 135,3 mil que têm dados salariais coletados, não é remunerada, em total desrespeito aos direitos previstos em lei. SC, novamente se diferencia dos demais Estados: tem 8.360 detentos que trabalham e ganham uma remuneração para isso. As informações são de “O Globo”. 

Cidade inteligente 

Curitiba acaba de ganhar um grande prêmio internacional como a cidade mais inteligente do mundo, por suas políticas públicas e programas e ações voltadas ao planejamento urbano, no evento World Smar City Awards 2023, realizado em Barcelona, na Espanha. No histórico dessa premiação está um nome: seu falecido e sempre memorável prefeito, o arquiteto Jaime Lerner, que tentou fazer algo parecido em Florianópolis (certa vez confessou que seu sonho era ser prefeito da cidade), mas frustrou-se na quase totalidade de suas propostas, principalmente no campo da mobilidade. Não por acaso Curitiba é um exemplo a seguir. E Florianópolis o contrário. 

Mais notícias acdiegoli.blogspot.com

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -