- Publicidade -
- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Economia na Semana

Safra de soja 

A produção de soja do Brasil em 2021/2022 deve alcançar um recorde de 144,7 milhões de toneladas, estimou a consultoria Safras & Mercado, que elevou em 2,5 milhões de toneladas seu número ante a previsão anterior, com a expectativa de um plantio maior que o esperado em meio a preços favoráveis. Consultorias e pesquisas apontam para uma quantidade recorde de mais de 143 milhões de toneladas de soja brasileira. A produção daria um salto de 5,4% na comparação com a temporada anterior, quando o país colheu 137,2 milhões de toneladas. Já a área plantada deverá crescer agora 4% para um recorde de 40,5 milhões de hectares. 

- Publicidade -

Açopeças

A empresa com sede em Guabiruba e especializada na fabricação de peças de aço, completou 40 anos de fundação. São quatro décadas com capacidade de se adaptar e ultrapassar os desafios e, o mais importante, 40 anos sabendo como se faz, com a melhor técnica no forjamento a frio. Fundada em 15 de abril de 1982, a Açopeças nasceu do desejo de empreender de Pedro David Schmidt, engenheiro mecânico recém formado e de Valdir Riffel, técnico metalúrgico, que na época havia retornado da Alemanha. A empresa iniciou suas atividades na avenida Lauro Mueller, em Brusque, em um pequeno galpão e com apenas dois funcionários. Em janeiro de 1988, transferiu-se para Guabiruba. Nessa época, a empresa contava com 51 funcionários e a produção anual de 3,6 milhões de peças. 

Cebola e alho 

Santa Catarina conseguiu recuperar as produções de cebola e alho na última safra das duas culturas, iniciada no inverno do ano passado. O Estado é líder nacional no que se refere ao plantio da primeira delas e o terceiro maior produtor do país em relação à segunda hortaliça. A cebola, cujas lavouras se concentram no Alto Vale do Itajaí, subiu 27,2%, para cerca de 496 mil toneladas neste último ciclo. Já a do alho saltou 31%, ultrapassando a marca de 19,1 mil toneladas na colheita. Ela se destaca  nas regiões de Curitibanos, Frei Rogério e Lebon Régis, municípios serranos do Estado. No ciclo agricola anterior, a falta de chuvas havia derrubado os números do campo, que agora voltaram ao seu patamar histórico.

- Publicidade -

Mutirão do Emprego 

Mais de 600 vagas de emprego em 45 empresas de Brusque. Assim foi a segunda edição do Mutirão do Emprego, realizado do Pavilhão de Eventos. Antes mesmo de abrir os portões, as pessoas já formavam fila para a ação. Os candidatos que estiveram no Mutirão também participaram de um workshop sobre como se portar em entrevistas de emprego e puderam receber auxílio para preenchimento de currículo. 

SC em primeiro lugar 

- Publicidade -

Santa Catarina conquistou o 1º lugar no país no Índice de Desempenho na Gestão das Transferências Discricionárias e Legais da União. Esse indicador é uma ferramenta que mede o comportamento na gestão dos recursos operacionalizados na Plataforma+Brasil do Ministério da Economia por parte de quem recebe recursos da União. SC obteve 75,93 pontos e foi sentida por Mato Grosso do Sul com 73,70 pontos. O coordenador da Rede+Brasil no Estado, que é auditor nacional de acompanhamento contínuo que objetiva avaliar o desempenho dos convenentes quanto à qualidade das propostas e ao processo de gestão de instrumentos firmados com a União. 

Relaxamento 

O Deinfra/SC parece dormir em berço esplêndido. Na rodovia Itajaí/Brusque, agora duplicada, junto à mureta do Centro da rodovia, toda espécie de lixo (restos de pneus, de papéis, mato crescendo, até animais mortos) é o que se encontra ao longo dos 20 quilômetros de extensão. Uma vergonha, eis porque ao longo da rodovia estão instalados e outros em endamento, muitos empreendimentos que por certo gerarão ou estão gerando muitos empregos. Uma vergonha para SC que se diz um estado dinâmico, mas com um Deinfra abaixo da crítica. Falta também mais atenção de nossos políticos, já que a rodovia é muito movimentada, consequentemente, chama atenção o estado de abandono.  

Exportações 

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), as exportações do setor iniciaram 2022 com o melhor dos últimos cinco anos. Houve crescimento tanto em valor FOB, como em quantidade. O ano foi aberto com uma variação positiva das vendas externas de 38% em relação ao ano anterior, evoluindo de US$ 60 milhões para US$ 84 milhões. No tocante a quantidades, o incremento passou de 15 mil para 17 mil toneladas. As importações avançaram 19%, variando de US$ 410 milhões para US$ 471 milhões. O déficit da balança comercial aumentou 10,72%. O crescimento das exportações deve-se principalmente as vendas para Argentina, aumento de 35%, Uruguai mais 48%, Paraguai mais 18% e Colômbia mais 94%. Em termos de produtos têxteis, praticamente todos os segmentos tiveram aumento. No vestuário, houve alta de 76% na comparação com janeiro de 2021. 

Colégio Cônsul 

O Colégio Cônsul Carlos Renaux está completando 150 anos de existência. A marca está estampada na fachada e interior do educandário, além de ter recebido homenagens do poder público. Segundo o diretor Otto Hermann Grimm, a marca demonstra o engajamento da comunidade e profissionais que passaram pela escola e permitiram a continuidade do colégio. Este espírito de união e de equipe fez com que esta continuidade fosse possível. Hoje, a instituição conta com cerca de 1,3 mil alunos e 150 professores. Ainda para este ano estão previstos o lançamento de um selo comemorativo, um livro, contando a história do Colégio e uma gincana que terá o sesquicentenário como tema. O Colégio Cônsul faz parte da Rede Sinodal de Educação, órgão ligado a Igreja Luterana no Brasil. 

Arrecadação recorde

A arrecadação de impostos, taxas e contribuições federais em SC continua a trajetória de alta que tem sido registrada desde 2020. De acordo com dados da Receita Federal, os dois primeiros meses deste ano renderam mais de R$ 17,9 bilhões aos cofres da União, o que representa uma alta de 16,4% em relação ao ano passado. O crescimento supera com folga a inflação, que foi de 10,54% nos 12 meses encerrados em fevereiro. Só em janeiro e fevereiro, a diferença em relação a 2021 é de mais de R$ 2,5 bilhões. 

Cenários com a guerra 

Os impactos econômicos negativos da guerra Rússia-Ucrânia não serão pequenos no mundo e também não desaparecerão de uma hora para outra. Foi isso que sinalizou o economista-chefe do Banco do Brasil em palestra no Encontro Empresarial da Acijs de Jaraguá do Sul. A gente não vai ter uma resolução definitiva do conflito no curto prazo. Até o final da primeira metade do ano ainda vamos conviver com notícias muito ruins vindas da Europa. Ainda haverá muita violência. E as sanções econômicas à Rússia, ao redor do mundo, serão mais duradouras, disse o economista, com base em cenário previsto pela consultoria Eurásia. Isso significa também que o impacto dos efeitos do conflito nos preços das commodities mundiais pode se estender por cerca de cinco anos. 

Rota dos vinhos 

Depois de tanto tempo de isolamento, muitos brasileiros anseiam em poder voltar a viajar para a Argentina e viver experiências como se hospedar em uma vinícola ou acompanhar a colheita das uvas. Para os brasileiros, essa é a melhor época para programar essas aventuras sensoriais, com a proximidade da safra na Argentina, maior produtor do hemisfério Sul, e berço de alguns dos principais vinicultores do mundo. O difícil é escolher os destinos, já que a Rota dos Vinhos da Argentina tem mais de 2 mil km de extensão e vai desde o Norte, onde produzem vinhos brancos perfumados e refrescantes, até a Patagônia, onde há malbecs espetaculares. Na prática são diversas rotas do vinho, que podem ser conhecidas em detalhes no site Argentina Turismo. 

Design de Moda 

O curso de Design de Moda está representando o Centro Universitário de Brusque (Unifebe) no movimento mundial Semana Fashion Revolution, que neste ano será realizada no Brasil, entre os dias 18 e 29 de abril. Para contribuir com a causa, que visa tornar a indústria da moda mais limpa, segura, justa, transparente e responsável, o curso realizará uma série de ações na universidade. Está disponível no átrio do Bloco A, a Rota da Moda Consciente, que direcionam para áudios com informações sobre o movimento Fashion Revolution e sobre a indústria da moda. O objetivo da ação é levar a comunidade acadêmica a refletir sobre o consumo de moda mais consciente e responsável. 

Na berlinda 

“Falem mal, mas falem de mim”, célebre frase atribuída ao notável escritor britânico Oscar Wilde (1854-1900) cabe bem para o empresário brusquense Luciano Hang. Um grande chuveiro na praia em Canasvieiras, em Florianópolis, com logomarca e patrocínio de sua rede de lojas, foi a segunda notícia mais lida no portal VOL, nos últimos dias. 

Sobram porcos 

Foi apresentado na Alesc proposta da Comissão de Agricultura e Política Rural. O setor enfrenta uma grave crise causada pelo excesso de produção e pelo agravamento da situação econômica do país e também mundial. Segundo a Associação Catarinense de Criadores de Suínos, são 1000 criadores independentes nesta situação. 

Diagnóstico do turismo 

A Univali, junto ao Instituto Federal Catarinense (IFC) e outras unidades de ensino superior do Estado, iniciou um diagnóstico inédito do turismo de SC cobrindo as 13 regiões do segmento. A metodologia é inovadora, com coleta de dados que vão de beacons virtuais em diversos destinos e atrações ao monitoramento da telefonia móvel para compreender melhor o fluxo da demanda do setor. O estudo conta com apoio financeiro da Santur e da Fapesc. A conclusão está prevista para agosto deste ano. 

Cidadania alemã 

A imensa colônia alemã de SC (cerca de 30% da população, ou 2,1 milhões de habitantes)  está animada. Uma recente alteração na Lei de Cidadania da Alemanha, agora facilita a conquista da nacionalidade para alguns casos específicos. Os direitos entre homens e mulheres se tornaram mais igualitários, ao contrário dos anteriores, discriminatórios quanto ao gênero. O processo ficou mais simples para três grupos descendência de mãe alemã para nascidos após 23 de maio de 1949 e antes de 1º de janeiro de 1975; descendência de pai alemão, para os nascidos após 23 de maio de 1949 e antes de 1º de julho de 1993; e naturalização reparatória após perseguição, para perseguidos entre 1933 e 1945 por motivos políticos, raciais ou religiosos; perda de nacionalidade alemã por perseguição ou exclusão da aquisição e possibilidade de naturalização reparatório após perseguição. 

Projeção internacional 

Em 1985, o estado catarinense contava com apenas 1,5 mil especialistas de tecnologia, atuando principalmente como analistas de sistemas, programadores e operadores de computação. Hoje, o setor emprega mais de 50 mil colaboradores e abrange uma fatia de quase 6% do PIB catarinense, segundo dados do último Tech Report, estudo realizado pela Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE). Se não fosse pela escassez de mão-de-obra, o setor poderia deslanchar ainda mais. O Estado, que hoje é considerado promissor quando se fala em expansão desse mercado e abrange um polo tecnológico nacional, a capital catarinense, contava com 4,5 mil vagas abertas recentemente. A área de inovação tem um estigma de que o trabalhador precisa ter uma inteligência fora do comum, entretanto, qualquer pessoa tem condições de aprender e se desenvolver. A tecnologia possui investimento ainda baixo, considerando outras regiões do mundo que tiveram a inovação como pilar econômico fortalecido nas últimas décadas. Mas mesmo com esse gargalo, a tecnologia catarinense vem auxiliando cadeias produtivas que já são consideradas consolidadas. 

Alto custo 

Não deixa de ter certo mérito projeto de lei para reduzir o valor do IPVA em SC, que se transformou em um grande vilão para as famílias. Mas o que dizer do absurdo custo (R$ 3 mil, em média) para obtenção de carteira de habilitação para dirigir? Para muitos jovens à procura do primeiro emprego exigindo habilitação, o valor corresponde a quase três meses de salário. Uma extorsão. 

Saindo do Brasil 

O Brasil nunca teve ou terá tantos jovens como agora. Mas o ápice dos cerca de 50 milhões de brasileiros entre 15 e 29 anos revela uma juventude decepcionada em níveis recordes. Se pudessem, 47% dos jovens brasileiros deixariam o país no auge do chamado bônus demográfico, quando o Brasil teria a chance de acelerar o crescimento contando com uma proporção inédita de pessoas em idade de trabalhar. Uma série de novas pesquisas envolvendo brasileiros entre 15 e 29 anos revela que nunca foi tão alta a proporção dos que nem trabalham, nem estudam (há 27% dos chamados “nem-nem”) e que 70% têm dificuldade de achar trabalho. Mais da metade (51,9%) vê o Brasil como um país pobre. 

Há vagas 

O ano de 2022 começou em SC com um dado auspicioso: o Sistema Nacional do Emprego (Sine) tem no momento quase 6 mil vagas de emprego abertas, para ocupação imediata. Apesar da pandemia, o estado tem a menor taxa de desocupação do país. 

Retomada 

Depois de dois anos de agoniante espera, os grandes eventos presenciais do segmento turístico em SC serão retomados, finalmente. Um dos principais, dias 27 e 28 de maio, é a Bolsa de Turismo Nacional/Mercosul, em Itajaí e Balneário Camboriú. Destina-se a venda de destinos e atrativos do país para o turismo interno e também para atrair e recepcionar os estrangeiros. 

Índices de inflação 

A inflação atingiu em cheio o bolso dos brasileiros em 2021. Acumulando um total de 10,74% ficou mais difícil manter as contas em dia ou fazer as compras de forma completa. Hoje, o Brasil possui diversos índices de inflação e cada um deles avalia em cenário distinto. Ou seja, para cada um, é possível analisar um cenário como a alimentação, aluguel ou até mesmo a maneira que a inflação atinge as camadas com renda mais baixa da população. Vale lembrar que cada um deles é feito por instituições diferentes e cada uma delas possui um método diferente de avaliação. 

Principais impostos 

Mesmo que de forma quase invisível, os impostos estão em toda parte. Isso porque, muitas vezes eles se encontram embutidos em outros pagamentos, o que os torna imperceptíveis para boa parte da população. Entre as tributações mais conhecidas, estão IRPF, IPVA, IPTU e IOF. No entanto, apesar dos impostos não aparecerem para o senso comum, há quem diga que os impostos encarecem boa parte dos produtos e serviços no país. Podemos citar, por exemplo, a chegada do iPhone 13 no Brasil, que em comparação com outros países foi o iPhone mais caro do mundo. E levando em consideração esse fato, realmente o Brasil possui muitos impostos. Apesar de não estar entre os 10 principais países com mais impostos do mundo, o Brasil figura na lista como o 14º, sendo o país da América Latina com mais tributações. 

Para que servem os impostos?

Antes de mais nada, os impostos pagos no Brasil servem para a arrecadação de recursos. Nesse sentido, esses recursos servem para custear despesas públicas. Algumas das que podemos listar são: educação, saúde pública, segurança, saneamento básico, transporte e mobilidade urbana, entre outras questões. É por isso que existem os impostos. Ou seja, os impostos servem para melhorar a condição de vida das pessoas e ser utilizado em favor da sociedade brasileira. Vale lembrar que o contribuinte brasileiro precisa contribuir com seus impostos nas três esferas, sendo elas a federal, a estadual e a municipal. 

Contrastes 

Há dois Brasis quanto ao saneamento em SC. No estado não há mais nenhum lixão a céu aberto, há anos. Uma lei federal determina que nenhum deles poderá continuar a partir de 2024 em todo país. De outro lado, SC convive numa posição humilhante quanto ao tratamento de esgoto, conforme o último levantamento da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária: está em penúltimo lugar entre os 27 Estados. Em situação pior só está o Piauí. Dos 295 municípios catarinenses, só 30 têm rede coletora e tratamento de esgoto. 

Única 

A Congregação das Irmãs Trapistas de Boa Vista, Rio Negrinho, vai produzir cerveja como opção para manter suas atividades e apoiar outros espaços no mundo, evidenciou a Escola Superior de Cerveja e Malte, de Blumenau, que está orientando as reliosas para o empreendimento. Em sete anos a instituição formou mais de 12 mil alunos e é a primeira e ainda única de ensino superior especializada na cerveja na América Latina. Além do Brasil, atua também em Portugal, no Paraguai, na Argentina e Uruguai. É parceira da alemã Doemens Academy, uma das mais respeitadas entidades ddo mundo. Maravilha. 

Honestidade certificada

Neste país de tantos malfeitores, não deixa de ser animadora a notícia divulgada oficialmente de que o segundo maior terminal do Brasil em movimentação de contêineres, localizado em Navegantes, em SC, conquistou a ISO 37001, certificação de anticorrupção e antissuborno. Isso torna a Portonave o primeiro terminal de contêineres do Brasil (que se junta a outras 2 empresas mundiais do segmento) que envolve transporte, armazenamento e comunicação com o reconhecimento. 

Sucesso 

Com 30 mil habitantes, Pomerode recebeu cerca de 200 mil pessoas (quase sete vezes mais) durante a 14ª Osterfest, maior evento do gênero na América Latina, que terminou domingo (17). Mas vai receber mais, uma vez que agências de viagem pediram que a maior árvore de casquinhas naturais e o maior ovo decorado do mundo fiquem montados para visitação. E assim será até 25 de maio. Evento que começou do quase nada e só faz crescer.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: