- Publicidade -
21.7 C
Balneário Camboriú

Diário da Quarentena – Parte II

Outro passatempo interessante nestes tempos é ficar postando memes e coisas engraçadas no Facebook. Pueril? Muito! Mas também muito divertido e útil nestes tempos tão cheios de coisas ruins e negativismos. Com efeito, passei da fase de brigar por política, ou melhor, recuso-me terminantemente a discutir com pessoas que brigam por políticos (e ainda dizem que não tem ladrão de estimação…).

Discutir política é saudável, é na verdade salutar. Política, no seu sentido mais amplo, é a arte do relacionamento. E qualquer tipo de relacionamento, entre vizinhos, entre amigos, companheiros de trabalho e até, veja só, entre partidos. O que não dá mais é para ver as pessoas defendendo personalidades politicas. Quando se fala em política, deve-se pensar em coletividade, onde o bem comum está acima do bem privado. Aliás, é através do bem comum que se chega ao bem privado. Há que se discutir ideias, propostas, ações, e não indivíduos.

A sociedade fracassa como um todo quando coloca pessoas acima da lei (que foi criada como uma política de relacionamento público), acima da ordem e do bem estar publico. Fracassa quando milhões estão com fome para manter poucos no conforto. Fracassa quando o salário mínimo não é suficiente para proporcionar uma vida digna (nem ao menos para alimentar uma família pequena), enquanto seus governantes chafurdam em banquetes milionários às custas deste mesmo povo.

Poderia citar muitos outros exemplos, mas acho que chega. A vida está pesada demais. Vou voltar para meus memes e rir um pouco, tenho medo que esta seja minha ultima oportunidade de sorrir. 

- Publicidade -
Céres Fabiana Felskihttp://www.ceresfelski.com.br
Médica formada pela Universidade Federal de Santa Catarina em 1991, atuando na rede pública de Balneário Camboriú há 21 anos. Escritora, apaixonada por educação em saúde e literatura. Lançou romances educativos sobre insuficiência renal crônica, hemodialise, diabetes tipo 1 (insulinodependente), diabetes 2 (não insulinodependente), além de livros de poesia. Blogueira
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -