Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Biblioteca e Arquivo Histórico estão temporariamente interditados
Divulgação PMBC

Quarta, 16/1/2019 11:10.

A Biblioteca de Balneário Camboriú e o Arquivo Histórico estão de portas fechadas temporariamente por causa de danos no prédio provocados pela chuvarada da noite de domingo (13).

Segundo a diretora de Artes da Fundação Cultural, Lilian Martins, agora o município vai providenciar um contrato emergencial para agilizar os reparos. Ainda não há uma data prevista para reabrir o local.

Lilian contou que o volume alto de chuva colapsou o sistema de calhas e a água acabou alagando a laje do prédio, o que causou infiltrações e prejudicou teto de gesso e parte elétrica.

A diretora explica que usuários da Biblioteca que quiserem devolver os livros poderão fazê-lo na Fundação Cultural, Rua 300, número 50 ou aguardar a retomada dos atendimentos da Biblioteca, porque não serão cobradas multas.

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Serviço de coleta especial será triplicado e permanente em toda a cidade


Geral

É a primeira visita de um alto funcionário do governo Bolsonato à cidade 


Esportes

Organização espera superar os 4.500 participantes da edição anterior.


Brasil

 Desde janeiro o porcentual dos que consideram o governo ótimo ou bom caiu 14 pontos,


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade

Página 3

Biblioteca e Arquivo Histórico estão temporariamente interditados

Divulgação PMBC

Publicidade

Quarta, 16/1/2019 11:10.

A Biblioteca de Balneário Camboriú e o Arquivo Histórico estão de portas fechadas temporariamente por causa de danos no prédio provocados pela chuvarada da noite de domingo (13).

Segundo a diretora de Artes da Fundação Cultural, Lilian Martins, agora o município vai providenciar um contrato emergencial para agilizar os reparos. Ainda não há uma data prevista para reabrir o local.

Lilian contou que o volume alto de chuva colapsou o sistema de calhas e a água acabou alagando a laje do prédio, o que causou infiltrações e prejudicou teto de gesso e parte elétrica.

A diretora explica que usuários da Biblioteca que quiserem devolver os livros poderão fazê-lo na Fundação Cultural, Rua 300, número 50 ou aguardar a retomada dos atendimentos da Biblioteca, porque não serão cobradas multas.

Publicidade

Publicidade