- Publicidade -
18.7 C
Balneário Camboriú

Abertas inscrições para formações gratuitas (e presenciais) de atores, oficinas de teatro e imagem

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O FormaXs – Formação de Atores com Oficinas de Teatro e Imagem, projeto da Cia Ler e Viver, aprovado pela Lei de Incentivo à Cultura (LIC), está com inscrições abertas. A formação acontece entre os dias 28 de janeiro e 27 de fevereiro na Biblioteca Pública Municipal Machado de Assis, de forma presencial, com vagas limitadas, e mantendo todas medidas de prevenção e controle da Covid-19 conforme as normas da OMS. 

A Cia Ler e Viver que desde 2011 se dedica à arte e à cultura da cidade, projetou esta formação para atores, atrizes, ex-alunos de teatro do CEAC Projeto Oficinas, professores de artes e demais interessados na área.

O coordenador da Cia Ler e Viver e proponente do projeto, Fábio Aurélio Castilhos disse que realizar o evento, neste momento, é um grande desafio.

“Todo o projeto foi idealizado em 2019 e agora adaptá-lo para o momento atual onde o distanciamento, uso de máscara e todos os demais cuidados de prevenção ao Covid 19 se fazem necessários, exigiu dos formadores e de toda a equipe repensar cada atividade e até mesmo o local de realização. Porém o fizemos com muito empenho e dedicação para garantir a segurança de todos e ao mesmo tempo movimentar a arte, a cultura e a esperança”, destacou.

Oficinas 

- Publicidade -

Regiane Coleraus é atriz, diretora e arte educadora. Em sua oficina “Performance, dramaturgia da imagem e teatro visual” abordará o fazer teatral sobre tudo o que diz respeito à relação do teatro com a fotografia. Regiane, artista local, acompanhará toda a formação e seus desdobramentos integrando as oficinas, estimulando e apoiando os participantes na composição de suas performances.

“Em tempos de selfie, sugerimos que por meio das técnicas oferecidas nesta formação, especialmente no que tange à dramaturgia da imagem e técnica fotográfica, que professoras e professoras possam acolher e utilizar as informações e vivências cotidianas trazidas por seus alunos e alunas para uma pesquisa, criação e produção artística. Que os e as estudantes possam ter acesso a estas experiências, orientados pelo olhar, estímulo e formação de seus professores e professoras. Para os artistas, grupos de pesquisa e produção teatral da cidade, o projeto propõe uma troca de experiências com os formadores”, colocou a atriz.

André Luiz Lima, ator e diretor, ministrará a oficina “Olhar-se, se olhar”, um trabalho já realizado em diversos países acerca da produção teatral, fotos e ferramentas criativas com a proposta do olhar humano sobre o ambiente, o outro e si mesmo. Vem proporcionar e estimular o potencial expressivo através da imagem e do processo criativo do ator/atriz.

- Publicidade -

Viviana Gysin, atriz e pesquisadora suíça, hoje residindo na Itália, compartilha sua pesquisa e conhecimento através da oficina “Volti Retratos e Memória”.

Betto Lopes, fotógrafo, apresenta seu projeto “Os invisíveis”, onde fotografa e conta histórias de pessoas em condição de rua. Vem colaborar com esta formação não apenas com técnicas sobre fotografia e imagem, mas com a sensibilidade de olhar o outro e desenvolver a empatia. Em um mundo tão efêmero, Betto propõe o olhar em profundidade tanto para o outro quanto sobre si mesmo e apresentará condições técnicas para registrar momentos e o resultado artístico de todo este processo de investigação que resultará nas obras para a instalação e exposição propostas ao final da formação.

As inscrições são gratuitas, basta acessar o link abaixo e preencher o formulário https://forms.gle/tdZoLVZ8m78kBkKNA 

Maiores informações e programação completa no site www.cialereviver.com.br

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -