- Publicidade -
- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Grupo Cultural Tarrafa Elétrica e Tartaruga de mamão levaram Show Cardume a cinco cidades catarinenses

A mensagem foi pela preservação da natureza, sobretudo dos oceanos

O Grupo Cultural Tarrafa Elétrica, em parceria com o projeto Tartaruga-de-Mamão, encerrou a turnê por cinco cidades de Santa Catarina. 

Com a mensagem de conservação dos oceanos, o show “Cardume” foi acompanhado por um público de cerca de 700 pessoas. 

O projeto que une música, teatro e cultura popular catarinense foi realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Prêmio Elisabete Anderle de Apoio à Cultura ⁄ Artes – Edição 2022. 

- Publicidade -

A primeira apresentação da turnê foi no final de abril e reuniu cerca de 150 pessoas na sede do Projeto Tamar, na Barra da Lagoa, em Florianópolis. Dias depois o grupo se apresentou no Abril de Bonecos, na cidade de Canelinha, para um público estimado em 100 pessoas. 

“Poder circular o Estado por meio do prêmio Elisabete Anderle, e levar essa mensagem de transformação e de conscientização ambiental através da arte para locais que não havíamos nos apresentado antes, como Urupema, na Serra Catarinense, foi muito gratificante para todos nós”, disse o vocalista e fundador da banda Tarrafa Elétrica, Evandro Che. Em junho, o show Cardume encantou cerca de 250 pessoas durante as comemorações do aniversário da cidade de Urupema. 

Já no litoral, mais de 100 pessoas participaram da festa junina da comunidade quilombola do Morro do Boi, em Balneário Camboriú. 

A apresentação de encerramento da turnê foi no dia 17 de junho para cerca de 80 pessoas, a maioria crianças e jovens atendidos pela Associação Lar Padre Jacó, em Itajaí. O show marcou a memória de quem assistiu e também dos adolescentes do Tartaruga de Mamão que fizeram parte do espetáculo e participaram da turnê. 

“Uma experiência única, foram momentos de muito aprendizado e muita diversão. É sempre muito bom estar junto desse pessoal e transmitir essa cultura maravilhosa, é algo indescritível”, diz o estudante Gustavo Hardt, que interpreta o tubarão-baleia nas apresentações. 

Priscila Danielly, que representa o golfinho na peça, diz que foi inesquecível. 

“Todas as viagens foram marcantes para todos nós, eu amei apresentar no Projeto TAMAR, pois estava muito ansiosa por essa visita”, conta.

Divulgação

Com elementos da cultura catarinense na identidade visual e também no enredo, o espetáculo foi dividido em duas partes. No primeiro momento o grupo “Tartaruga-de-mamão” encena a história de uma tartaruga que se engasga com lixo, mas volta à vida com a ajuda da plateia. 

O teatro é uma releitura de uma das tradições mais antigas de Santa Catarina, o boi de mamão. 

Divulgação

Na segunda parte do show, os músicos Evandro Che, Emmanuel Schmidt, Marcelo Cassio, Eder Luiz, Rodrigo Cavaleri, Denis Kazuo e Binho Toledo  interpretam algumas canções clássicas e também do álbum “Cardume”, lançado em 2019. Desde a sua criação, a Tarrafa Elétrica traz em suas composições a mensagem pela preservação da natureza, sobretudo dos oceanos.

- Publicidade -

Texto: Adelaine Zandonai

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -