- Publicidade -
- Publicidade -
25.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Confira os vencedores das três competições que aconteceram durante o BC Surf Festival

Aconteceu no final de semana em Balneário Camboriú o BC Surf Festival, evento que reuniu surfistas de todo o país em três competições – a última etapa do circuito CBSurf Master, a última do circuito Sup (Stand Up Paddle) Surf e a penúltima do circuito Sup Race desta temporada. O evento foi chancelado pela CBSurf (Confederação Brasileira de Surf).

CBSurf Master
Os surfistas que marcaram época no surf brasileiro participaram da segunda e última etapa do Circuito Brasileiro Master da CBSurf. As finais das cinco categorias, divididas por idade, foram disputadas na última sexta-feira (1).

Pódio Master – Foto Marcio David

Na categoria Legends (acima de 55 anos), o bicampeão brasileiro de surfe dos anos 90, Jojó de Olivença (SP), conquistou o título contra o carioca Sérgio Noronha. Cláudio Marroquim (PE) e Rubens Farias (SC) terminaram na terceira e quarta colocações, respectivamente. Com o vice da etapa, Noronha ficou com o título brasileiro da categoria.

- Publicidade -
Jojó de Olivença – Foto Marcio David.

Já na categoria Grand Kahuna (acima de 50 anos), Fábio Gouveia (PB) sagrou-se campeão da etapa. Roni Ronaldo (SC) terminou em segundo e, com esse resultado, se tornou campeão.

Fábio Gouveia – Foto Marcio David

O baiano Flávio Morais fechou com um aproveitamento de 100% na temporada, após conquistar a etapa e o título da categoria Grand Master (acima de 40 anos). Márcio Farney (SC) acabou em segundo lugar com Diego Rosa (SC) em terceiro e Fellipe Ximenes (SC) na quarta colocação.

A última final do CBSurf Master foi a categoria Master (acima de 35 anos). O paranaense Jihad Khodr foi o vencedor. Péricles Dimitri (PR) ficou com o título geral da categoria, após terminar em segundo lugar na final e ter empatado na pontuação geral com o cearense Itim Silva. O título só foi confirmado pelo critério de desempate.

Na decisão da Kahuna (acima de 45 anos), Junior Rocha (RN) levou o título da etapa e do circuito CBSurf 2023. Ele superou Márcio Veiga (SC), Adriano Lemos (SC) e Jerônimo Bonfim(BA).

Júnior Rocha – Foto Marcio David

O BC Surf Festival também premiou os campeões do SUP. Confira abaixo o resultado das duas competições.

SUP Surf

A primeira final realizada foi a bateria Homem a Homem na SUP Surf Sub-18, categoria de base que está sendo trabalhada pela CBSurf.

- Publicidade -

O baiano Pedro Veiga dominou as ações na final de 20 minutos contra o catarinense João Neumann e ficou com o título da etapa pelo placar final de 8.87 a 4.67 pontos para o baiano. De quebra ele conquistou o título brasileiro SUP Surf Sub-18. 

A segunda final do dia veio com a SUP Surf Master, onde o local Adriano Trinca Ferro fez a festa da torcida de Balneário na conquista do título da etapa e do circuito deste ano.

o local Adriano Trinca Ferro fez a festa da torcida de Balneário na conquista do título da etapa e do circuito deste ano – Foto Marcio David.

As atletas do SUP Surf Feminino Pro se enfrentaram numa bateria Mulher a Mulher, com Gabi Sztamfater(SP) dominando sua conterrânea Kaylane Souza na final e ficando com o título da etapa e do circuito deste ano.

A final do SUP Surf Masculino Pro teve um ingrediente a mais na disputa entre o local Adriano Trinca Ferro contra o paulista Leonardo Gimenes.

Ambos chegaram empatados nesta etapa decisiva e quem vencesse a bateria ficaria com o título nacional. A melhor foi para Gimenes que forçou nas batidas, rasgadas e snaps de frontside para somar 13.50 pontos (7.0 e 6.50) e se consagrou bicampeão brasileiro de sua categoria, repetindo o feito alcançado em 2021.

SUP Race

O último dia de competição (sábado, 2) teve a prova de remada longa na modalidade SUP Race, e definiu os campeões da penúltima etapa do circuito nas categorias Masculina e Feminina.

O encerramento do BC Surf Festival 2023 começou com a remada do SUP Race Longa, prova disputada em um percurso de 10 km (duas voltas no circuito) para os atletas do Masculino e Feminino Pro. Para a categoria Amadora o percurso foi reduzido para 5 km (uma volta no circuito estipulado pela organização). Todos os atletas largaram juntos de dentro do mar, no trajeto que começou em frente ao centro técnico, contornaram a Ilha das Cabras, passaram novamente em frente ao palanque oficial em direção aos molhes, e finalizaram na estrutura principal da competição.

O vencedor geral no Masculino foi o atleta de Búzios(RJ) radicado em Jacksonville, na Flórida (EUA), Eri Tenório. O camiseta amarela desta etapa (líder do ranking) já havia vencido a primeira a disputa do SUP Race Técnico na sexta-feira (1/12), e confirmou o título neste sábado superando os 10 km de remada intensa na praia Central.

Eri Tenório – Foto Marcio David

Na categoria Feminino Profissional a líder do ranking, Lena Ribeiro(RJ), de Arraial do Cabo (RJ), também repetiu seu resultado e venceu a disputa, encerrando sua campanha vitoriosa em Balneário Camboriú.

Nas divisões por categorias, o título da SUP Kids Sub-14 Feminino foi para Ana Almeida, com Rebeka Brehmer ficando na primeira colocação na SUP Junior Feminino. No SUP Kids Sub-14 Masculino o vencedor foi o baiano Giuseppe Nunes.

Rudah Bosi (RJ) foi o campeão da SUP Pro Junior Masculino, com Luiz Guida(SP) levando a melhor na SUP Pro Master Masculino 40+ e André Oliveira terminando em primeiro na SUP Pro Super Master Masc. 50+. Entre as mulheres da SUP Pro Master Feminino 40+, título para Lena Ribeiro(RJ) que remou muito nos dois dias de disputas, e fechou a competição com aproveitamento de 100%.

A próxima etapa acontecerá no centro oeste brasileiro, na cidade de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Será a última competição do ano na modalidade e definirá os campeões brasileiros de todas as categorias do SUP Race.

*Matéria com informações da assessoria PMBC e CBSurf

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -