- Publicidade -
- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

São Paulo desperdiça chances e perde para o Grêmio na semi da Copa do Brasil

Por Guilherme Amaro

O São Paulo jogou melhor, teve chances de marcar, mas perdeu para o Grêmio por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, pelo duelo de ida da semifinal da Copa do Brasil. O gol de Diego Souza, aos 17 minutos do segundo tempo, foi justamente no momento de maior superioridade da equipe paulista na partida em Porto Alegre. A vaga na decisão será decidida na semana que vem, no Morumbi.

O começo da partida foi mais brigado do que jogado. Bruno Alves acertou uma braçada em Diego Souza, os reservas do Grêmio pediram expulsão, mas o árbitro advertiu corretamente com o cartão amarelo. Diego Souza ficou caído novamente ao receber uma joelhada nas costas de Arboleda, que também não teve intenção. Todos os lances geravam discussão intensa entre os jogadores.

- Publicidade -

“Tomei uma joelhada nas costas, uma cotovelada na cara, mas ninguém vê nada na televisão (árbitro de vídeo). Se sou eu…”, esbravejou Diego Souza na saída para o intervalo. Apesar da reclamação dos gremistas, os lances realmente não foram para expulsão. No lado do São Paulo, Igor Gomes analisou: “Teve muito duelo, é normal, jogo de alto nível é isso”.

Com a bola rolando, o Grêmio balançou a rede com Victor Ferraz, mas Diego Souza estava em posição de impedimento e atrapalhou Tiago Volpi. O time gaúcho voltou a assustar em cruzamento para Pepê que o goleiro são-paulino cortou.

O São Paulo começou a criar algumas jogadas ofensivas a partir da segunda metade da etapa inicial. Como de costume, Fernando Diniz berrava na beira do campo para o time ir para frente. A equipe soube administrar a pressão adversária e comprova a evolução ao longo deste ano. Se antes o São Paulo era um time que levava muitos gols e não tinha sucesso em duelos mata-mata, hoje é “cascudo”, difícil de ser batido.

O segundo tempo continuou quente, com muitas disputas e discussões. Só que o São Paulo começou bem melhor e desperdiçou duas oportunidades incríveis, ambas com linda troca de passes. Brenner, sem goleiro, não conseguiu aproveitar cruzamento de Daniel Alves. Depois, Luciano recebeu cara a cara com Vanderlei e deu um toquinho de bico por cima do gol.

Luciano, aliás, voltou a jogar após recuperar-se de lesão muscular na coxa esquerda. No Grêmio, a surpresa foi a escalação de Thaciano como titular pela ponta direita. O São Paulo empurrava o Grêmio, e o técnico Renato Gaúcho resolveu mexer. Antes titular, Ferreira fez boa jogada pela direita logo após entrar e cruzou, Volpi desviou, Pepê tentou cabecear e a bola sobrou para Diego Souza marcar de puxadinha, quase uma bicicleta

O gol foi um balde de água fria no São Paulo. O Grêmio armou o bloqueio e tentou explorar o contra-ataque com os velozes Pepê e Ferreira pelas pontas. Então foi a vez de Fernando Diniz recorrer aos reservas. O treinador tirou um zagueiro, Bruno Alves, para colocar o meia-atacante Vitor Bueno. O volante Tchê Tchê também entrou no lugar do atacante Luciano, que não estava 100% fisicamente.

Ao contrário do que ocorreu com o Grêmio, as substituições não surtiram tanto efeito e o São Paulo vai precisar ganhar no Morumbi para ainda sonhar com o título da Copa do Brasil.

- Publicidade -

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 x 0 SÃO PAULO

GRÊMIO – Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel (Rodrigues), Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Darlan (Ferreira); Thaciano (Lucas Silva), Jean Pyerre (Everton) e Pepê; Diego Souza (Churín). Técnico: Renato Gaúcho.

SÃO PAULO – Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves (Vitor Bueno), Arboleda e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes (Toró); Luciano (Tchê Tchê) e Brenner. Técnico: Fernando Diniz.

GOL – Diego Souza, aos 17 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Thaciano, Bruno Alves, Daniel Alves, Matheus Henrique, Gabriel Sara, Vanderlei, Vitor Bueno, Reinaldo.

ÁRBITRO – Marcelo de Lima Henrique (RJ).

RENDA E PÚBLICO – Jogo sem torcida.

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -