- Publicidade -
- Publicidade -
28.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Geninho Góes renuncia ao cargo de Secretário de Turismo de Balneário Camboriú para se dedicar à paternidade

O empresário Geninho Góes, CEO da BNT Mercosul, renunciou oficialmente ao cargo de Secretário de Turismo de Balneário Camboriú, para se dedicar à paternidade – ele e o companheiro, Duda, são pais de cinco crianças, sendo que quatro foram adotadas no segundo semestre de 2022 (saiba mais sobre a história da família aqui). 

Geninho já estava de licença paternidade desde setembro/2022, quando foi substituído por Thiago Velasques, que até este momento segue no cargo.

Geninho enviou uma nota ao Página 3 informando que tomou a decisão de renunciar ao cargo. 

- Publicidade -

Ele já estava licenciado desde o ano passado e deveria retornar à Secretaria de Turismo em julho deste ano. 

“Deixo o cargo de secretário de Turismo de uma das cidades mais desejadas do país por um único motivo: me dedicar à paternidade consciente. Acontece que a vida me trouxe um propósito maior quando eu menos imaginava. Eu e meu companheiro nos tornamos pais de cinco crianças de idades diferentes da noite para o dia. Sim! Tínhamos apenas uma filha de 13 anos e adotamos seus quatro irmãos biológicos após seis anos”, relatou.

O empresário pontuou que ficou de licença pelos últimos meses e que pensou que conseguiria voltar como secretário e continuar a ser ‘o pai que os filhos merecem ter’, mas que se enganou. 

“A infância é uma fase muito curta e nossos filhos precisam da nossa atenção e presença. Além disso, o nosso propósito tem inspirado milhares de mães e pais a serem conscientes da responsabilidade da paternidade e maternidade num mundo onde as pessoas vivem ocupadas e estressadas. Você pode estar se perguntando, mas vocês não vão mais trabalhar? Ser um pai presente dá muito trabalho! Além disso, trabalhamos uma vida toda e temos outras atividades que nos permitem mergulhar nesta nova etapa da vida”, acrescentou.

Geninho disse ao jornal que não sabe se Thiago Velasques continuará em seu lugar, já que até então ele (Velasques) era secretário interino, mas confirmou que renunciou ‘do poder’ pela família. 

“Sei que isso é raro. Compartilho nossa rotina inspiradora no Instagram (@paiciencianapratica – onde já acumula quase 70 mil seguidores). Escrever, falar sobre este assunto tão relevante, também pode ser um trabalho, embora seja tão natural e verdadeiro ao ponto de dizer que não trabalhamos mais, apenas vivemos e isto já é o bastante”, completou.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -