- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Glamour Garcia está em Blumenau para cirurgia de redesignação sexual

Procedimento será realizado nesta terça-feira (14) pelo médico José Carlos Martins Junior, na Transgender Center Brazil

A atriz Glamour Garcia, 35 anos, que em 2020 adiou sua cirurgia de redesignação sexual, está em Blumenau para o procedimento. Em 2019 ela fez sucesso com a personagem Britney, em A Dona do Pedaço (2019), na Rede Globo, que lhe rendeu o troféu de Atriz Revelação no Melhores do Ano de 2019, e na época já estava com cirurgia marcada para o início de 2021, porém, desistiu.

Foto Andréa Menegon

Considerada uma cirurgia extremamente radical, a redesignação sexual, consiste na amputação do membro, que será transformado em uma neovagina. Na cirurgia são preservados a uretra, a pele e os nervos que dão sensibilidade à região. São removidos os testículos, preservando a pele da bolsa escrotal.

“Quando adiei a cirurgia estava focada na minha carreira, por isso resolvi esperar. Isso me deu tempo para me preparar e sei que agora é o momento certo. Estou nas mãos de um excelente profissional, com todo o amparo e apoio que preciso”, disse.

- Publicidade -

A atriz disse que está feliz, porque está iniciando um novo ciclo.

“Eu estava mais agitada, mais ansiosa, mais insegura, mas nesse momento, tendo passado por todos os exames e de preparação também, me sinto bem mais tranquila para passar por isso. Os últimos dias, antes da cirurgia foram muito corridos, porque eu estava trabalhando em set de filmagem, gravando o meu último e mais novo trabalho no cinema, que estreia ano que vem, onde interpretei a Rogéria num filme incrível, chamado Homem de Ouro. Fazer essa cirurgia me trará benefícios físicos e psicológicos e, principalmente, existencial, para eu me encontrar num lugar filosófico e espiritual”, disse.

Em 2009, Glamour iniciou a transição de masculino para feminino e de lá pra cá se tornou uma ativista pelos direitos da comunidade trans. 

Seu reconhecimento lhe rendeu um convite para participar do livro escrito pelo médico que fará sua cirurgia, intitulado “Transgêneros: Orientações médicas para uma transição segura”, primeiro e único livro destinado à comunidade trans que aborda as técnicas de cirurgias faciais, corporais e sexuais. A atriz assina a contracapa da obra. 

O procedimento acontece na Trangender Center Brazil a cargo do médico José Carlos Martins Junior, que já realizou mais de 600 cirurgias como esta. A operação leva de cinco a oito horas e a recuperação cerca de 3 meses, quando já é possível iniciar as atividades sexuais.

Fonte – Agência A

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -