- Publicidade -
- Publicidade -
19.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Sindicato e Executivo se reúnem para decidir sobre a greve do funcionalismo em Camboriú

A greve do funcionalismo de Camboriú, que começou há três dias, será tratada durante reunião entre o Sindicato dos Servidores (Sisemcam) e o Executivo, marcada para esta tarde (15). A reunião já estava marcada para antes da paralisação, mas acabou não acontecendo.

A expectativa é que o Executivo apresente uma solução para o impasse que está mobilizando cerca de 400 profissionais do magistério.

- Publicidade -

Durante o encontro o Executivo deverá apresentar projeto de lei para readequar cargos e salários do quadro geral. 

“O executivo deve 8,84 % do repasse do Fundeb aos profissionais da educação e 5,2 % aos trabalhadores do quadro geral e magistério. 

“Neste ano,  os índices são ainda maiores: 10,06% valor do IPCA  para o quadro geral e 33,24% de repasse do governo Federal”, argumenta Luciana Sobota, presidente do Sisemcam. 

Logo após a reunião, todo que foi apresentado pela prefeitura, será levado para nova assembleia geral, para decidir se o funcionalismo aceita a proposta ou se a greve continua.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: