- Publicidade -
- Publicidade -
18.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Tapetes de Corpus Christi da igreja Santa Inês mostraram a realidade da fome que milhões de brasileiros enfrentam

A comunidade paroquial da Igreja Matriz Santa Inês inovou este ano, com criatividade, os tapetes de Corpus Christi que normalmente feitos com sementes, areia, flores e cartazes foram elaborados com cestas básicas, doadas pela comunidade para ajudar famílias necessitadas.

Os criativos tapetes chamaram muita atenção nesta quinta-feira (16), e mostraram uma realidade: milhões de brasileiros estão dependendo de doações para comer.

- Publicidade -

Frei Roberto Carlos Nunes, pároco da Igreja Matriz Santa Inês, explicou que o congresso eucarístico deste ano tem como tema ‘Pão em todas as mesas’ e a paróquia Santa Inês, com seus movimentos e pastorais, decidiu fazer o tapete com cesta básica e nelas colocar o sentido do gesto concreto.

“É isso que queremos refletir com esse tapete feito de cestas básicas: alimentar as pessoas. Mas não só alimentar com o pão material, mas alimentar com o pão que é Jesus”, disse.

Ele segue dizendo que no dia 16 de junho foi celebrada a solenidade do corpo e sangue do Senhor, que é muito valiosa para os cristãos, porque lembra a Quinta-Feira Santa e acontece sempre depois do domingo da Santíssima Trindade.

“Dentro desta solenidade, somos convidados a voltar o nosso olhar para Jesus Eucarístico, que vem alimentar seu povo. E o evangelho desta celebração deixa bem claro para nós cristãos como deixou bem claro para os discípulos, que estavam preocupados que a multidão não tinha nada para comer e Jesus disse a eles, dê vós mesmos de comer. Somos convidados a dar de comer e foi esta a intenção de construir o tapete com alimentos”.

- Publicidade -

Na sexta-feira (17), as cestas básicas foram distribuídas entre as paróquias que têm projetos sociais, como a de Senhor Bom Jesus, do Monte Alegre, em Camboriú e a de Nossa Senhora Aparecida, no Bairro dos Municípios e uma parte ficou para doações na paróquia Santa Inês.

Frei Roberto agradeceu a comunidade paroquial, aos movimentos e pastorais e a todos que se empenharam para fazer acontecer essa celebração.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: