- Publicidade -
21.2 C
Balneário Camboriú

Viva Bicho e Secretaria de Pessoa Idosa lançam projeto de adoção e apadrinhamento de animais

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -


Nesta sexta-feira (23), das 10h às 17h, acontece a primeira edição do projeto Meu amigo pet, que acontecerá todas as sextas, na Secretaria da Pessoa Idosa.

A ideia surgiu através da Secretaria da Pessoa Idosa em parceria com a Viva Bicho, considerando a importância do convívio de idosos com pets, já que os animais domésticos são excelentes companhias por serem companheiros e amorosos e muitos são tratados como membros da família e criam uma ligação forte com seus donos.

- Publicidade -

A representante da ONG Viva Bicho, Patrícia Ferreira, explica que nesta sexta (23) será o ‘projeto piloto’. Vão participar dessa primeira edição do Meu amigo pet cinco animais – cães mais idosos, porque são mais calmos e tranquilos.


“Para que as pessoas se acostumem com a ideia, e como é a Secretaria da Pessoa Idosa a gente consiga ter uma interação, mostrando que o animal idoso só precisa de companhia, carinho, atenção, um passeio no sol, comida e um cantinho para dormir. Vamos começar essa experiência dessa forma”, diz.

Como será?

Quem quiser adotar, poderá entrar em contato diretamente com a ONG, que agendará uma visita, para fazer uma entrevista, levar o pet e a família precisa apresentar documentação.

- Publicidade -

Quem não quiser adotar, pode apadrinhar um animal (ajudando mensalmente com valores ou doações de comida, dentre outros itens como caminha, etc.) ou então se tornar lar temporário de cães ou gatos que esperam por uma família que os adote, já que o abrigo da Viva Bicho hoje já é o lar de muitos pets.

“Achamos esse projeto muito bacana e é a oportunidade para quem mora sozinho, como os idosos, e podem agora ter um companheiro, tanto sendo lar temporário como adoção”, acrescenta.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -