- Publicidade -
- Publicidade -
30 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Viva Bicho lança Vakinha para construir área para tratar animais com cinomose

A ONG Viva Bicho lançou uma Vakinha online (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-construcao-da-area-da-cinomose) para arrecadar valores para a construção de área para tratar animais com cinomose, doença altamente contagiosa e que acomete somente cães.

A cinomose tem cura, mas os animais em tratamento precisam ficar isolados.

A voluntária Patrícia Ferreira, que integra a diretoria da Viva Bicho, lembra que, apesar de a ONG possuir convênio com a prefeitura de Balneário Camboriú, o valor para reformas e ampliações precisa vir de doações.

- Publicidade -

“Estamos sempre empenhados em realizar melhorias na estrutura física para melhor acolher nossos animais resgatados. Dessa vez, precisamos construir uma área para isolar os animais com cinomose. A que temos hoje está em situação precária e com as paredes caindo”, conta.

A área de tratamento da doença infectocontagiosa é muito importante porque os cães afetados por ela ficam muito debilitados e o tratamento é longo.

“O nosso trabalho é muito árduo, no sentido de proporcionar o máximo de bem-estar e conforto aos animais que chegam debilitados. Os animais que chegam infectados com cinomose precisam de um lugar especial, para não transmitir o vírus. Queremos melhorar esse ambiente, precisamos reconstruir e não temos verba. Tudo o que se faz ali, cada tijolinho, depende das pessoas solidárias à nossa causa”, acrescenta.

O projeto doado por uma voluntária.

A ONG já ganhou o projeto de uma voluntária e agora pede a contribuição para o valor da mão de obra e materiais. A situação é urgente. Para contribuir com a Vakinha, basta acessar este link (https://www.vakinha.com.br/vaquinha/ajuda-para-construcao-da-area-da-cinomose) ou quem preferir pode doar diretamente via PIX (CNPJ: 06.156.776/0001-81 – ASSOCIAÇÃO VIVA BICHO DE PROTEÇÃO AOS ANIMAIS).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -