- Publicidade -
17.6 C
Balneário Camboriú

Serão indenizados por comer lasanha verde à bolonhesa que continha caco de vidro

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Dois moradores de Balneário Camboriú receberão R$ 2.000,00 de compensação cada um, por abalo anímico, após terem ingerido cacos de vidro em uma “lasanha verde à bolonhesa”, da marca Sadia.

A decisão é da juiza Patrícia Nolli, da Juizado Cível Especial de Balneário Camboriú, ao entender que a BRF S.A. não comprovou que não lhe cabia responsabilidade pela presença do corpo estranho no alimento. 

“Entendo que o evento em análise, no qual os autores ingeriram parte da lasanha contendo corpo estranho, conforme comprovado nos autos, é circunstância geradora de repulsa, sensação de descaso com o consumidor e sentimentos negativos que ultrapassam o mero dissabor cotidiano, causando efetivo dano extrapatrimonial”, destacou a magistrada.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -