- Publicidade -
- Publicidade -
26.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Após três anos, IMA aprovou o relatório de Impacto Ambiental do Parque Inundável de Balneário e Camboriú

O Parque, que deverá ser instalado em Camboriú, é visto como uma ideia ‘inovadora’ já que tende a ajudar nas enchentes que a região vive e será ainda uma opção de lazer

Após três anos de espera, o Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA-SC) aprovou o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) do Parque Inundável Multiuso na Bacia do Rio Camboriú. 

O documento foi protocolado em novembro/2019. A Emasa recebeu a informação da aprovação no último dia 31, e agora vai dar os encaminhamentos, para avançar no processo de licenciamento ambiental prévio. 

O Parque Inundável Multiuso é um projeto discutido pelo menos desde 2010, apresentado pelo engenheiro Felippo Brognoli, da Emasa, como uma das alternativas à crise hídrica que Balneário Camboriú e Camboriú podem vivenciar muito em breve.

- Publicidade -

O RIMA 

O RIMA apresenta de forma simplificada, os principais resultados referentes aos estudos dos projetos básicos, executivo e ambiental para implantação do Parque Inundável Multiuso na Bacia do Rio Camboriú. 

É uma ferramenta utilizada para obter informações sobre as modificações que um empreendimento de grande porte, ou atividades potencialmente poluidoras, podem causar aos diferentes meios físico, biótico e socioeconômicos de uma região, de extrema importância neste projeto, já que ele prevê a desapropriação de uma área de 600 hectares (no Rio do Meio, em Camboriú), e cerca de 100 deles serão usados para absorver água da chuva e evitar inundações e enchentes e ao mesmo tempo armazenar água bruta que poderá ser utilizada em época de estiagem. 

Na área que fica atrás do Condomínio Caledônia e Jardim Europa, na altura do Rio Camboriú, deverá ser construído o dique, que é a barreira física de contenção do Parque Inundável, que terá 1,6km de extensão.

Comunidade deve participar de audiência pública

O Relatório já pode ser consultado no site do IMA (https://www.ima.sc.gov.br/) em: Licenciamento Ambiental > Consultas > Consulta EIA/RIMA/AAI > cópia do RIMA do empreendimento Parque Inundável Multiuso na Bacia do Rio Camboriú e também deve ser disponibilizado tanto no site da Emasa, como em publicação no Diário Oficial do Estado (DOESC). 

O objetivo agora é que a comunidade veja o relatório, porque em breve será feita uma audiência pública para debatê-lo – condicionante para o processo de licenciamento ambiental prévio em andamento no IMA.

O prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, disse que o recebimento do RIMA é ‘um passo importante para a implantação do Parque Inundável Multiuso’, salientando que o projeto é esperado há anos pela sociedade de Balneário Camboriú e Camboriú. 

“Que contempla múltiplas ações conjuntas, principalmente, no que tange à situação hídrica com a proteção das águas para o abastecimento das duas cidades, regularizando a vazão do Rio Camboriú e ainda, conter as cheias nas áreas ribeirinhas. Além da criação de um espaço dedicado ao turismo e lazer integrado ao meio ambiente”, disse.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -