- Publicidade -
- Publicidade -
23.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

‘Asfalto no Parque Ecológico não pode’, manifestou a ex-vereadora Marisa Zanoni Fernandes

Ela também questiona a função do Conselho Gestor do Meio Ambiente

A educadora e ex-vereadora de Balneário Camboriú, Marisa Zanoni Fernandes disse que foi surpreendida esta semana com a notícia de asfaltamento em trechos do Parque Natural Municipal Raimundo Gonçalez Malta e questiona o posicionamento do Conselho Gestor, que aprovou a ação.

“O Parque é uma importante unidade de conservação localizada em planície inundável. Balneário Camboriú e as Unidades de Conservação prestam importantes serviços ecossistêmicos, dentre eles a regulação hídrica, uma vez que possibilitam a absorção da água no solo, contribuindo para evitar inundações. O assunto é tema de pesquisas de cientistas e acadêmicos de várias universidades, entre elas, a Univali”, disse Marisa.

Ela destaca que em abril de 2018, foi entregue pela Univali um Plano de Manejo do Parque, documento este que estabelece as normas referente ao uso da UC – disponível ao público no site do município. O documento estabelece que “ Todas as construções e reformas deverão estar harmonicamente integradas com o meio ambiente, dando preferência para o uso de materiais sustentáveis e produzidos na região”. Há um trecho fundamental no ofício ” Harmonicamente integrada com o meio ambiente”.

- Publicidade -
Leitores/Redes Sociais

A indignação de estudiosos e profissionais da área ambiental é justamente com a chegada do asfalto no local, segue Marisa. 

“Recebi muitas reclamações, de moradores de toda a região,  e  até turistas assustados, pois acompanharam todo o trâmite e a luta para a conservação do espaço”, afirmou a professora universitária.  

A polêmica participação do Conselho Gestor

O mesmo documento destaca a “obrigatoriedade de um Conselho Gestor tendo em sua composição diversos segmentos representativos da sociedade”. 

A ex-vereadora questiona o poder público.

“O que o Conselho diz sobre isso? Afinal, temos um conselho atuante em Balneário Camboriú? Parece ironia mas, toda a polêmica acontece dias após o prefeito municipal receber um prêmio de “Cidade Sustentável”. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -