- Publicidade -
- Publicidade -
16.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Balneário Camboriú registrou 25 ocorrências envolvendo morcegos neste ano

Centro de Controle de Pragas Urbanas alerta que moradores não devem capturar ou matar os animais

Neste ano, entre janeiro e agosto, Balneário Camboriú registrou 25 ocorrências envolvendo morcegos e 16 das situações foram no centro da cidade. 

O veterinário do Centro de Controle de Pragas Urbanas (CCPU), Dagoberto Araújo Brito disse que os 25 casos envolvendo morcegos em Balneário são com os animais frutíferos. 

“Eles vêm para a cidade em busca de alimento, e são atraídos pelas amendoeiras da Avenida Atlântica, tanto que dos 25 casos que registramos de janeiro a agosto, 16 foram no centro, mas há por toda a cidade, nos bairros Nações (quatro casos), Praia dos Amores, Pioneiros, Municípios… é um animal importante e protegido por lei, eles se abrigam temporariamente para se alimentarem, mas assustam porque dão rasantes”, diz. 

- Publicidade -

A principal preocupação do CCPU é que a comunidade tente capturar ou matar os morcegos – o que é considerado crime ambiental. Se os morcegos se sentirem ameaçados, podem morder e eles podem transmitir raiva. 

“Se não tentar pegar o morcego não tem problema. Quando ficamos sabendo de casos de morcegos pela cidade solicitamos para a Secretaria do Meio Ambiente autorização de poda das árvores, porque eles procuram por copas escuras e abrigo com alimento próximo. São animais importantes porque comem as frutas e distribuem as sementes pelo chão, replantando espécies. Há também os morcegos insetívoros, que ficam mais nos forros de casas. O que incomoda a população é que eles defecam, causa transtorno, suja as paredes e calçadas”, acrescenta. 

Para evitar o aparecimento de morcegos, é recomendável iluminar áreas externas, colocar telas ou redes plásticas nas janelas e fechar buracos ou passagens pelos quais o animal pode entrar. Os mamíferos também se alimentam de frutos das árvores e criam colônias em locais mais escuros, por isso, é recomendado a poda das copas, evitando que este se prolifere na cidade e adeque-se em outro local. 

Se você viu algum morcego caído na rua ou tem algum perto de onde você mora e há risco para alguém, encaminhe o caso para a Ouvidoria da prefeitura [que atende pelos números (47) 3267-7024, 0800 644 3388 ou WhatsApp (47) 99982-1979], que irá repassar ao CCPU. Se o animal estiver em uma árvore se alimentando, etc., sem risco de acidentes, ele pode ficar porque normalmente a permanência é temporária.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -