- Publicidade -
- Publicidade -
24.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Equipe da Univali retirou mais de 35 quilos de lixo dos costões da Praia do Pinho em Balneário Camboriú 

O projeto de limpeza dos costões de Balneário Camboriú que a Univali colocou em prática no ano passado e a prefeitura retomou esse ano, retirou nesta quinta-feira (17), mais de 35 quilos de resíduos do costão da Praia do Pinho, em Balneário Camboriú. 

Foram 646 itens coletados, entre garrafas de vidro, isopor, latinhas de bebida, copos plásticos, além de outros materiais.

Desde junho, este serviço faz parte da limpeza urbana feita pela empresa Ambiental, que contratou a Univali para o trabalho.

- Publicidade -

A limpeza é feita às terças e quintas-feiras, dependendo das condições climáticas. 

Desde junho, foram retirados quase 500 quilos de resíduos dos costões rochosos, que são regiões de transição entre os meios terrestres e marinhos. Essa quantidade estava na parte emersa (fora da água), mas também são feitas coletas subaquáticas.

Projeto Univali

Entre agosto de 2021 e junho de 2022, a Univali, contratada por meio de um chamamento público pela Secretaria do Meio Ambiente (Semam), executou seu projeto em 13 pontos nos costões de Balneário Camboriú, sob o comando do oceanógrafo Ewerton Wegner. 

Neste um ano, foram coletados 15.654 itens, 90% dos ítens estavam emersos, 38% do material era plástico (sacos plásticos, tampinhas de garrafa, copo, embalagens, hastes de cotonete, entre outros), seguido de plástico espumoso (19%), vidro/cerâmica (18%) e material de pesca (11%). 

Em relação ao peso do material coletado, 1.229,42 quilos, 64% estava fora da água. Considerando apenas as coletas subaquáticas, predominou material de pesca (68%), seguido de plástico (18%).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -