- Publicidade -
- Publicidade -
15.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Giro policial – violência doméstica, briga de torcidas, BMW abandonada e moto clonadamoto29 

Agrediu e ameaçou matar a namorada

O homem preso após agredir e ameaçar matar a namorada (Foto GMBC)

Um homem de 38 anos foi preso, na noite de domingo (28), após agredir e ameaçar matar  a namorada, uma mulher de 55 anos, na Rua Armazém, no Bairro Vila Real, em Balneário Camboriú. No local, guardas conversaram com a vítima, que apresentava ferimentos no corpo e relatou que o namorado havia lhe enforcado e ameaçado matá-la.

Briga de torcidas

- Publicidade -
A briga das torcidas (Reprodução)

Durante o jogo Brusque x Figueirense, no sábado (27), no Estádio do Bairro das Nações, em Balneário Camboriú, houve briga de torcidas. A torcida do Figueirense foi mantida no estádio e a do Brusque foi evacuada, para evitar conflitos. Mesmo assim alguns integrantes da torcida do Brusque jogaram pedras e objetos na torcida do Figueirense, causando bastante tumulto.

A Polícia Militar informou que houve necessidade de intervenção com o uso de dispositivos de dispersão (gás pimenta). Após a intervenção os ânimos foram apaziguados. Ninguém foi preso. 

Segundo a PM, o estádio, apesar da vistoria que aprovou seu uso, apresentou problemas  de segurança e que pedaços de materiais foram arrancados e jogados pelos torcedores. Será elaborado um relatório às autoridades responsáveis para as providências necessárias. 

Homem em situação de rua apanhou com barra de ferro

Uma discussão entre dois homens em situação de rua evoluiu para uma briga e culminou com um deles ferido por uma barra de ferro, no fim da tarde de sábado, na Marginal Leste. A PM localizou o agressor, que tem 51 anos e é de Maceió/AL. A vítima foi encaminhada ao Hospital Municipal Ruth Cardoso.

Homem em surto assustou moradores

No sábado (27), policiais foram chamados para atender uma ocorrência envolvendo um homem em surto, que estaria armado com um facão,  na Rua Joaquim Garcia, em frente ao Instituto Federal Catarinense (IFC), em Camboriú. Durante o deslocamento dos PMs ao local houve mais cinco ligações informando o mesmo fato.

- Publicidade -

Chegando ao ponto indicado, os policiais encontraram o homem, de 41 anos, que estava em surto e falando frases desconexas. Os PMs tentaram abordá-lo, pedindo que deitasse ao chão, o que foi descumprido. Após insistir para que obedecesse às ordens, ele permaneceu ignorando-as, sendo, então, por meio do uso progressivo da força, imobilizado no chão. O facão mencionado nas ligações estava em um vaso de planta ao lado do homem, sendo apreendido e encaminhado à delegacia junto dele.

BMW abandonada

A BMW abandonada (Divulgação/GMBC)

Na tarde de sábado (27), a Guarda Municipal realizava rondas preventivas na Rua 2.500, no Centro de Balneário Camboriú, quando foi acionada por um morador que informou que havia uma BMW de cor branca com sinais de abandono, na frente de uma lavação. Os guardas foram até o local indicado e confirmaram que o carro possuía registro de furto/roubo, sendo então apreendido para ser devolvido ao proprietário.

Moto usada em crimes foi apreendida

A moto clonada que estava sendo utilizada em roubos (Divulgação/GMBC)

Também no sábado, guardas em rondas pela Av. Marginal Leste, na altura da Rua 3.000, viram uma motocicleta Honda/Fan de cor vermelha estacionada, com características semelhantes a uma utilizada para cometer roubos pela cidade (na Quarta Avenida com a Alvin Bauer e em um restaurante na Av. Normando Tedesco). Feita a verificação da placa e dos sinais identificadores do veículo, foi constatado que se tratava de um clone, onde o emplacamento original é de São Paulo. O condutor não foi localizado, mas a moto foi apreendida.

Violentou psicologicamente a esposa

O homem preso após violentar psicologicamente a mulher, que pensou em tirar a própria vida (Divulgação/GMBC)

Um homem de 27 anos foi preso, na sexta-feira (26), após violentar psicologicamente a esposa, na Rua Morro da Pedra Branca, no Bairro Nova Esperança, em Balneário Camboriú. A mulher de 38 anos chegou a ser atendida pelo programa Abraço à Vida, pois tentou tirar a própria vida após sofrer a violência psicológica (ela disse que estava sofrendo há dias, mas que na sexta-feira havia sido pior). O homem foi encontrado na rua e disse que havia saído de casa após uma discussão com a esposa. Ele foi preso.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -