- Publicidade -
- Publicidade -
24.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Idosa com Alzheimer ficou 10 dias com o cadáver do filho em Balneário Camboriú

Uma idosa de 91 anos com Alzheimer foi resgatada no sábado (21) após ficar 10 dias em seu apartamento junto com o corpo do filho morto, em Balneário Camboriú.

A mulher morava junto com o filho, de 69 anos, morto após ataque cardíaco, conforme informou o IML (Instituto Médico Legal). O homem possuía um histórico de doença cardíaca.

Os vizinhos de apartamento desconfiaram do mau cheiro vindo da moradia, invadiram a casa e acionaram a prefeitura. O resgate foi realizado na tarde de sábado (21) pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social.

- Publicidade -

A idosa, ex-gerente de banco e que sofre de Alzheimer, foi encontrada desnutrida e desidratada, contou a secretária Christina Barichello. Ela foi levada para uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e agora ficará em uma casa de repouso, por decisão dos netos.

“Foi um caso muito triste, imagina uma mãe ficar com o filho em decomposição por todos esses dias”, relatou Christina que presenciou as cenas.

O restante da família vive no Rio Grande do Sul, mãe e filho não tinham outros parentes em Santa Catarina. Um gato também foi encontrado na residência e está sob cuidados de uma ONG (Organização Não Governamental).

(UOL/FOLHAPRESS)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -