- Publicidade -
- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Moradora de Camboriú, que havia sido esfaqueada, faleceu após dois meses de internação

A moradora de Camboriú, Aline Luísa Souza González, de 43 anos (ela faria 44 nesta terça, 2), faleceu após dois meses de internação no Hospital Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú. Ela, que era agente de atividade em educação, havia sido esfaqueada pelo marido em janeiro (relembre aqui).

Segundo informações, Aline ficou internada por dois meses, mas não resistiu. Ela foi esfaqueada quatro vezes, na barriga. A vítima era funcionária da Secretaria Municipal de Educação de Itajaí há 10 anos e atuava no Centro de Educação Infantil (CEI) Maria da Glória Stringari, no Bairro Espinheiros.

O assassino, que foi preso, alegou que havia flagrado Aline com o amante. O homem já possuía outras passagens pela polícia por violência doméstica e estupro (contra a ex-mulher).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -