- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Eduardo Leite faz pausa em férias e diz que vai a evento de Lula no 8/1

(UOL/FOLHAPRESS) – O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), diz que vai ao evento organizado por Lula que marca um ano dos ataques de 8 de janeiro, em Brasília.

Leite mudou planos e vai fazer pausa nas férias para participar da cerimônia. Ele está em viagem na Bahia e afirmou que vai a Brasília para atender o convite de Lula. Segundo a assessoria de imprensa do governador, mesmo com a presença no evento, ele segue de férias até dia 10.

Outros governadores de oposição não devem comparecer ao evento. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), avisou ao Planalto que está de férias e não vai. Ibaneis foi afastado do cargo pelo STF no dia dos atos golpistas e só reassumiu o posto em 15 de março. A vice-governadora Celina Leão (PP) vai no lugar dele. Tarcísio de Freitas (Republicanos) está na Europa e, segundo o governo paulista, ele não volta ao Brasil antes de segunda-feira (8).

- Publicidade -

Proposto por Lula, o ato é para lembrar os ataques aos prédios públicos e reforçar compromissos com a democracia. No último dia 20, em reunião ministerial, o presidente afirmou que estarão presentes os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Supremo, Luís Roberto Barroso.

Ministros de Estado encurtaram férias a pedido de Lula. Eles adiantaram a volta das férias, previstas para o meio de janeiro, para participar do ato de 8/1 por ordem do presidente. Todas as mudanças foram publicadas no Diário Oficial da União.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -