- Publicidade -
- Publicidade -
16.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Em reunião com vereadores, prefeito tratou de pautas importantes e ouviu sobre descontentamento com o secretário de Segurança

Aconteceu na manhã desta segunda-feira (14) uma reunião convocada pelo prefeito Fabrício Oliveira com todos os vereadores (só não estiveram Alessandro Kuehne ‘Teco’ e Gelson Rodrigues), para tratar de assuntos diversos – como o piso dos professores e aumento de andarilhos pela cidade, porém, Fabrício ainda teve que ouvir o descontentamento geral dos vereadores com o secretário de Segurança, Antônio Gabriel Castanheira Junior.

Interação e pautas discutidas

O Página 3 foi informado que a reunião teve como objetivo uma interação entre o prefeito e os vereadores, com Fabrício se colocando à disposição do Legislativo e interessado em discutir pautas importantes que devem ir em breve para a Câmara, como a questão do piso dos professores (uma proposta foi enviada ao sindicato, que fará uma assembleia), do decreto sobre as empresas e catadores de recicláveis, questões de empresas que querem investir em Balneário e dependem do ‘ok’ dos vereadores, ainda sobre o aumento de andarilhos vivendo nas ruas do município e situação do Hospital Municipal Ruth Cardoso (o custeio, que hoje é 100% por Balneário, mesmo atendendo toda a região).

Descontentamento com Castanheira

- Publicidade -

Porém, a pauta ‘principal’, levantada pelos vereadores – teria sido em unanimidade, tanto os da base do governo quanto oposição –o descontentamento geral com o secretário Castanheira, não só de ações administrativas, mas principalmente pelo fato de que ele [o secretário] não aceita críticas e culpa o Legislativo e o Judiciário por alguns fatos, como o aumento de mendigos (citado em reunião na última semana no Bairro das Nações – a situação é complexa porque no local funcionam conveniências que ficam abertas até altas horas da noite, onde andarilhos compram bebidas) e o ‘prende-solta’ (Guarda Municipal e Polícia Militar prendem bandidos, que na delegacia são soltos). Fabrício teria dito que entende, mas que Castanheira é uma pessoa de sua confiança’.

O jornal foi informado que os vereadores aprovaram a reunião e a abertura para diálogo por parte do prefeito, algo que até então não acontecia, com Fabrício priorizando convidar para eventos os vereadores da base, conforme relatado por diversas vezes ao Página3.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: