- Publicidade -
- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Reunião com lojistas do Calçadão de Balneário Camboriú acontece nesta quarta na Câmara de Vereadores

O vereador Lucas Gotardo realizará uma reunião com lojistas do Calçadão da Avenida Central de Balneário Camboriú, nesta quarta-feira (20), às 17h30, na Câmara de Vereadores. 

O objetivo é auxiliar os comerciantes que pedem por mais segurança e cuidado com o Calçadão, ponto turístico da cidade que está esquecido pela administração.

O vereador foi procurado por uma lojista, há algumas semanas durante o podcast ‘Na rua Pod’, que fez na Praça Tamandaré. 

“Uma das pessoas que parou lá para conversar foi uma lojista do Calçadão, e ela fez uma série de apontamentos, desde segurança, limpeza, falta de organização e falta de decoração nas datas festivas, que não tem faz alguns bons anos”, conta.

- Publicidade -

Ele disse que mais alguns comerciantes da localidade, falaram que este momento tem sido o mais crítico de todos ali, devido o tráfico de drogas, sujeira e descaso. 

“Uma das pessoas tentou fazer uma decoração de Natal por conta própria, em 2022, mas foi impedida pela prefeitura. E a justificativa foi uma das piores possíveis — o secretário de turismo, Thiago Velasques, teria afirmado que ficariam sem decoração devido o alto número de registros de tráfico, e não colocar a decoração era para dispersar as pessoas do Calçadão e ir para outro lugar”, comentou o vereador.

Segundo ele, essa afirmação foi feita por uma comerciante nesta terça-feira(19) na Câmara e o assunto será novamente abordado nesta quarta.

Na terça (19) os lojistas se reuniram Gotardo na Câmara, e protocolaram um documento para todos os vereadores, agendando uma reunião nesta quarta (30), às 17h30, aberta ao público e deve contar também com a participação das forças da segurança. 

“A reunião de hoje tem como objetivo abrir espaço para os lojistas, para que apresentem a realidade que tem sido vivida no local pelos moradores e comerciantes, e assim pleitearem suas demandas em relação ao Calçadão da Central. Já está confirmado boa parte dos vereadores, Polícia Militar, algumas pessoas da prefeitura e diversos lojistas do Calçadão”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -