- Publicidade -
- Publicidade -
17.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

SC Custom Show e programas de proteção à criança na tribuna livre do Legislativo nesta quarta

Sete convidados passaram pela Tribuna Livre, o espaço na primeira reunião do mês destinado a cidadãos e entidades para discorrerem sobre temas de interesse do município, na sessão legislativa desta quarta-feira (1).

Mirella na tribuna acompanhada de Rodrigo e Sônia (Foto Márcio Gonçalves)

Mirella Huelsmann, uma das organizadoras do 10° Santa Catarina Custom Show, falou sobre o evento, que acontecerá no Centro de Eventos Balneário Camboriú Júlio Tedesco nos dias 10, 11 e 12 de junho. Ela esteve acompanhada por Rodrigo Huelsmann e Sonia Pimentel, também organizadores do encontro com foco em carros e motos customizados.

- Publicidade -

O trabalho do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) e da Associação de Proteção, Acolhimento e Inclusão Social (PAIS) de Balneário Camboriú, além dos programas vinculados à proteção e combate às violências contra crianças e adolescentes no município, foram o tema da fala de Patrícia da Costa Oliveira, presidente do CMDCA, e de Josiane Hoepers, coordenadora técnica, Karina Gonçalves dos Passos, coordenadora administrativa, e Thifani Vargas, assistente social da Associação PAIS.

Patrícia, presidente do CMDCA (Foto Márcio Gonçalves)

Projetos aprovados

Na Ordem do Dia, três projetos foram aprovados.

O Projeto de Lei Complementar 17/2021, do vereador Eduardo Zanatta (PT), foi aprovado pela unanimidade dos parlamentares presentes, e segue agora à sanção do prefeito. Ele acrescenta parágrafo único ao artigo 11 da Lei Complementar nº 40/2019, que dispõe sobre o Código Sanitário, para instituir a isenção da taxa de Alvará Sanitário nos eventos de caráter temporário às entidades sem fins lucrativos.

Na justificativa do projeto, o autor observa que, atualmente, “para a realização de eventos temporários, é cobrada uma taxa no valor de 0,42 UFM’s [o equivalente hoje a R$ 153,37], seja para qualquer fim, desde um evento com fins comerciais aos eventos beneficentes”, e que o PLC visa a isenção para aqueles realizados por entidades sem fins lucrativos, “que laboram a favor de causas sociais”.

- Publicidade -

O Projeto de Lei Complementar 01/2022, do Poder Executivo, dispõe sobre normas urbanísticas específicas para a instalação e o licenciamento das Estações Transmissoras de Radiocomunicação (ETR), autorizadas e homologadas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no município.

O PLC elenca diversas regras sobre o assunto, como as restrições de instalação e de ocupação do solo, fiscalização e regularização de ETRs, e foi aprovado pela com 12 votos favoráveis e uma abstenção, seguindo agora para sanção do prefeito. Antes da votação do projeto, o plenário rejeitou um pedido de vista do vereador Marcelo Achutti (MDB), com nove votos contrários.

Também de autoria do Poder Executivo, o Projeto de Lei Ordinária 67/2022, cria o Programa Auxílio Inclusão para a Guarda Subsidiada do Município de Balneário Camboriú, “destinado a oferecer apoio financeiro às famílias que contenham ou acolham crianças e/ou adolescentes em alto grau de risco social, com intuito de preservar o direito à convivência familiar e comunitária”.

- Publicidade -

De acordo com a proposição, o apoio financeiro às famílias será de até um salário-mínimo, pelo período máximo de seis meses, mediante parecer e estudo social produzido por assistente social do quadro de servidores do Poder Executivo Municipal.

O projeto foi aprovado pela unanimidade dos parlamentares presentes, e segue agora à sanção do prefeito.

Confira no quadro abaixo a deliberação das demais proposições em pauta na sessão, e o relatório de votações aqui.

Fonte: Departamento de Comunicação Social e TV/CVBC

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: