- Publicidade -
- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Vereadora Juliana Pavan reafirma apoio ao reajuste do magistério: “Falta gestão”

A vereadora Juliana Pavan se manifestou nesta semana, na tribuna da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, sobre o reajuste do piso salarial dos professores da rede municipal de ensino – tema que inclusive gerou greve nas vizinhas Camboriú e Itajaí. Na ocasião, Juliana reafirmou sua posição favorável ao reajuste do magistério.

Segundo a vereadora, não há desculpa para o Executivo Municipal não valorizar essa categoria. Ela criticou a falta de diálogo, a má gestão e a falta de planejamento para não conceder o reajuste, principalmente em uma cidade que arrecada grande volume de impostos, que é o caso de Balneário Camboriú.

“Infelizmente, falta gestão, e o prefeito não fez o dever de casa, pois se tivesse cumprido a promessa de realizar uma reforma administrativa ampla em todos os níveis e setores da prefeitura, teria diminuído o tamanho e o custo da máquina pública municipal e, certamente, os nossos trabalhadores da educação teriam agora este merecido reajuste salarial já aprovado pelo governo federal”, disse.

- Publicidade -

Juliana lembrou ainda que ‘é inadmissível’ fazer com que os professores paguem pelo erro da atual administração e pela falta de planejamento e lamentou também o cancelamento de uma reunião agendada entre o secretário de administração, Eduardo Krewinkel, que iria ao legislativo para informar aos parlamentares sobre os dados financeiros e impacto nas contas do governo com a concessão do reajuste do magistério.

“Vamos continuar cobrando e fiscalizando nesse sentido”, concluiu.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: