- Publicidade -
- Publicidade -
13 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Vereadora Juliana pede para prefeitura rever proibição de veículos pesados na Panorâmica

Desde o último dia 19 está proibido o tráfego de veículos pesados na Avenida Panorâmica (relembre aqui). 

A decisão foi anunciada como definitiva e pautada no novo atrativo turístico localizado no Bairro dos Estados, a Aventura Jurássica, que deve causar trânsito intenso na localidade. 

Nesta quarta-feira (27), a vereadora Juliana Pavan indicou que a prefeitura reveja a decisão, porque a proibição pode causar um impacto negativo, já que os ônibus e caminhões terão que optar pela Avenida Alvim Bauer ou Quarta Avenida, causando engarrafamentos ainda piores.

- Publicidade -
Divulgação/PMBC

Juliana disse que, quando foi inaugurada a Panorâmica, o objetivo dela era trazer ligação da Martin Luther com a Avenida das Flores e BR-101, para melhorar o trânsito no local. 

“Um rapaz perdeu a vida recentemente por falta de segurança e realmente há esse problema, mas temos que cobrar melhorias e trazer mais segurança, pois mesmo proibindo os veículos pesados, os problemas continuam”, analisa.

A vereadora salienta que é preciso pensar em melhorias, como na redução do aclive e declive, mas que ela sabe que isso pode demorar, e que algo que pode ser ‘paliativo’ é o retorno da permissão de ônibus e caminhões no local, porque os veículos pesados não estão indo pela Panorâmica e ‘estão trancando todo o Centro’. 

Juliana sugere algo urgente para este momento, porque a temporada se aproxima e a situação ali pode ficar complexa. 

“Não podemos simplesmente fechar a via e levar o problema para outra região, justo na Alvim Bauer e Quarta Avenida, locais que já trancam tudo mesmo fora da temporada. Lembro que o problema da Panorâmica não é de agora – não estou criticando a obra, mas sim pedindo um estudo e providências imediatas visando diminuir a falta de segurança e adequação do aclive e declive, porque a movimentação está aumentando e não dá para ficar de braços cruzados esperando algo acontecer”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -