- Publicidade -
- Publicidade -
27.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Vereadores sem formação na área copiam projetos sobre saúde para aplicar em Balneário Camboriú

Foram protocolados nos últimos dias na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, dois projetos sobre saúde com características semelhantes: os proponentes não têm formação alguma na área médica e os textos foram copiados de outras cidades.

A vereadora Daniele Eloísa Serpa, é assistente administrativa concursada na prefeitura e copiou de um projeto do Rio de Janeiro, de 2017, a proposta de criação de uma política de prevenção e combate às amputações em pacientes diabéticos. 

O vereador João Olindino Koeddermann Filho, que trabalha no Disk Gelo Oliani, copiou de São Paulo projeto estabelecendo que laudos médicos que atestem o Diabetes Mellitus tipo 1,  tenham prazo de validade indeterminado.

- Publicidade -

Plagiar projetos e apresentá-los, sem discussão com técnicos e comunidade, é prática corriqueira, levando a crer que não seriam necessários tantos vereadores bem remunerados, bastariam algumas pessoas que sabem copiar e colar.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -