- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Secretaria de Saúde prepara mais um Dia D contra a gripe no próximo sábado

Para melhorar os índices de vacinação contra a gripe, que continuam bem abaixo da meta, como em todo o país, a Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú decidiu realizar mais uma Dia D contra a Influenza, no próximo dia 18.

Nessa data, a vacinação será somente na Unidade Básica de Saúde (UBS) Central (Rua 1500, nº 1100 – Centro), das 9h às 17h.

O primeiro Dia D da Campanha de Vacinação contra a Influenza de 2024 em Balneário Camboriú foi 13 de abril, quando 1.032 pessoas do grupo prioritário foram imunizadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

- Publicidade -

Até a semana passada, as doses eram destinadas a grupos prioritários (como gestantes, puérperas, crianças e idosos, entre outros), totalizando uma população-alvo de 47.915 pessoas. 

Desde que a campanha começou, em 25 de março, até esta quarta (8), apenas 31,25% do público-alvo foi vacinado (14.978 doses aplicadas). 

A meta é, até o fim de maio, vacinar 90% da população-alvo da campanha. 

A quantidade de doses aplicadas em pessoas que não fazem parte de grupos prioritários em Balneário Camboriú é de 2.546.

Para quem puder se imunizar antes, a vacina está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h, nas salas de vacina das UBSs de Balneário Camboriú, para toda a população maior de seis meses de idade. 

Na UBS Central, não há pausa para o almoço. 

Para os idosos, há também doses no Núcleo de Atenção ao Idoso (NAI), na Rua Angelina, s/n – Bairro dos Municípios. 

- Publicidade -

A Secretaria da Saúde de Balneário Camboriú ressalta que a vacinação pode ser feita na unidade de saúde mais próxima da residência ou local de trabalho, com apresentação de documento de identidade e carteira de vacinação.

Prevenção

A vacina oferecida na rede pública de saúde previne os principais vírus influenza presentes no Brasil, que são o influenza A (H1N1), influenza A (H3N2) e o vírus influenza B. No entanto, a proteção só ocorre de duas a três semanas após a aplicação da dose. Em razão disso, o recomendado é que a vacinação seja feita o quanto antes, evitando casos graves, hospitalizações e mortes por gripe.

Saiba mais

A gripe é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. Provocada pelo vírus da influenza, ela tem grande potencial de transmissão. A vacina é a forma mais eficaz de preveni-la e proteger quem tem maior risco de desenvolver complicações.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -