- Publicidade -
- Publicidade -
26.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Situação da dengue em Balneário Camboriú preocupa

Saúde está intensificando ações de combate, mas secretário Omar Tomalih reforça: “População precisa ajudar”

O secretário da Saúde de Balneário Camboriú, Omar Tomalih voltou a manifestar sua preocupação com a evolução da dengue no município. Esta semana, a Vigilância Epidemiológica registrou 314 casos suspeitos; 20 casos positivos; 232 descartados e 62 testes aguardando resultados.

Dos casos positivos, cinco são autóctones, ou seja, da própria cidade, dois importados de outras cidades, seis indeterminados e sete que seguem em investigação.

Segundo o secretário, a preocupação das autoridades sanitárias e epidemiológicas está relacionada à dengue do tipo 2, que vem registrando a maior incidência no país. 

- Publicidade -

Dois casos da variante já foram contabilizados na cidade.

“O que mais nos preocupa são os números alarmantes, esse crescimento gigante comparado com ano passado”, disse Tomalih. 

Nesta terça-feira (6), ele comandou a primeira reunião da Sala de Situação,criada para monitorar e planejar ações preventivas de combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite além da dengue, febre chikungunya e o vírus Zika Vírus.

“O colegiado é composto por integrantes do governo, chamamos os membros da Secretaria da Saúde mais envolvidos com o assunto e também representantes das secretarias de Educação, Obras e da Fiscalização de Posturas”, colocou.

Na próxima reunião ele vai reunir representantes do Exército, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal;

“Precisamos de um combate efetivo e para isso é necessário um trabalho conjunto”, afirmou Tomalih.

Ele disse que esse Colegiado vai analisar os gráficos, números para acompanhar a evolução no município e quais são as ações que precisam ser feitas.

Primeiro mutirão do ano realizado no bairro Nova Esperança junto com a Secretaria de Obras (Divulgação/PMBC)

“Muitas das ações planejadas já estão acontecendo, como o primeiro mutirão do ano, sábado (3) no Bairro Nova Esperança. Durante o Carnaval vamos fazer fumacê, distribuir panfletos e borrifar inseticida nos bagageiros dos ônibus de turismo que chegam à cidade”, disse Tomalih.

Ele fez um apelo à população.

“De tudo isso que estamos fazendo nada é possível se a população não fizer o seu papel, importante que as pessoas cuidem do seu quintal, vamos distribuir repelente para toda população, temos que juntos barrar o crescimento da dengue em nosso município”, disse, informando que nos próximos dias entrará em funcionamento o Centro Municipal de Tratamento da Dengue.

Fumacê na Rodoviária sábado

UBV (fumacê) no bairro centro (Divulgação/PMBC)

O supervisor da dengue, David Iesus Cruz, disse que o fumacê (aplicação perifocal de inseticida) vai acontecer na madrugada de sábado (10), na Rodoviária, em razão do grande número de turistas que chegam à cidade já infectados com o vírus da dengue. 

No Posto de Informações Turísticas (PIT) junto à Secretaria de Turismo, será distribuído material informativo sobre prevenção para todos os turistas que chegam de ônibus à cidade.

“Também estamos fazendo aplicação intradomiciliar, ou seja, aplicando o inseticida dentro do imóvel do paciente doente e também em imóveis vizinhos, é uma nova modalidade que estamos aderindo esse ano”, disse David.

- Publicidade -
Aplicação intra-domiciliar de paciente positivo para dengue (Divulgação/PMBC)

Ele segue informando que a tendência é ir aumentando as ações nos próximos dias, como por exemplo, vistorias de casa em casa em todas as regiões do município, acompanhadas de um apelo: que deixem os agentes entrar para fazer o trabalho preventivo.

“Também fizemos uma reunião com síndicos de alguns condomínios e pedimos que os proprietários deixem a chave com zelador ou síndico para podermos vistoriar apartamentos fechados”, informou David.

Segundo David, os agentes que fazem visitas domiciliares, verificaram que tem muito descuido da população em coisas simples, como balde com água no pátio, pratinho de plantas com água, calhas com muitos focos, caixas d´água também.

Programa das próximas ações:  

Aplicação perifocal em obra com foco positivo (Divulgação/PMBC)
  • aplicação perifocal de inseticida sábado (10) de madrugada na rodoviária – em razão do grande número de turistas que vêm à nossa cidade já infectados com o vírus da dengue;
  • ⁠mutirão no bairro dos municípios dia 21/02 de manhã. Será realizado em conjunto com a Secretaria de Obras, Polícia Militar, Fiscalização de Posturas, Defesa Civil; 
  • ⁠agendamento de palestras orientativas com algumas construtoras;
  • ⁠intensificando a vistoria dos agentes em todos os bairros do município; 
  • ⁠aplicações perifocal de inseticida em várias obras ao decorrer da semana;
  • ⁠aplicação de UBV (fumacê) em casos confirmados de dengue, zika vírus ou chikungunya;
  • ⁠UBV pesado – que seria uma aplicação perifocal de inseticida mais agressiva em áreas de surto com o apoio do governo do estado – DIVE.
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -