- Publicidade -
- Publicidade -
19.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Após solicitação de vereador, PM retoma operação de fiscalização no trânsito

O vereador André Meirinho fez solicitações à Polícia Militar (relembre aqui) e uma delas já foi atendida: o retorno da Operação Trânsito Sem Ruído, que fiscaliza veículos com escapamentos adulterados que emitem ruídos acima dos limites legais. A ação seguirá durante o feriado, através da operação Feriado Seguro.

Como foi a operação

Na tarde de quarta-feira (29), a Polícia Militar realizou a Operação Trânsito Sem Ruído, no Centro de Balneário Camboriú. O vídeo da operação foi publicado no Instagram do jornal, o que gerou muitos comentários elogiando a PM pela retomada da ação.

Somente na tarde de quarta-feira 62 motoristas foram abordados, sendo que 17 foram autuados por infração de trânsito. O ruído excessivo provocado, além de ser uma infração de trânsito, causa danos à saúde pública, principalmente para pessoas idosas, autistas e também para os animais. 

- Publicidade -

A PM informou que a operação segue durante todo o feriadão de Corpus Christi, em horários e locais de grande movimentação em Balneário Camboriú.

Feriado Seguro

(Divulgação/12BPM)

A operação Feriado Seguro iniciou também na quarta-feira (29) e segue ao longo de todo o feriadão, com intensificação do policiamento. Dentre as ações planejadas, a Polícia Militar realizará barreiras de fiscalização à Lei Seca em horários e locais alternados, atuará na abordagem de veículos com sistema de escapamento adulterado, e na faixa de areia da Praia Central, o policiamento será reforçado com a utilização de quadrículos e de um UTV (Veículo Utilitário Multitarefas), que foi recentemente adquirido pelo 12º BPM. 

O que diz o vereador proponente

O vereador Meirinho agradeceu pela pronta resposta da PM, pontuando que é muito importante que as operações Trânsito Sem Ruído sejam feitas de forma constante. 

“As operações surgiram após uma série de visitas que fizemos em 2021, com a comunidade, ao 12° Batalhão da PM, ainda na época do Comandante Daniel. Foram iniciadas em 2022 para atender tantos pedidos da população, depois teve continuidade com outros comandantes”, relembra.

Radares antirruído

Meirinho afirmou ainda que sente que a Sem Ruído tem o apoio de muitas pessoas que ficam indignadas com o barulho de escapamentos irregulares. 

“Sempre nos pedem mais ações neste sentido. Agradecemos ao Comandante interino Major Favoretto e a todo o batalhão da PM pelas novas operações. Em 2022, eu recebi sugestão da comunidade para que fossem instalados radares antirruído, algo que vinha ocorrendo na Europa. Naquele momento fiz uma enquete no instagram, e 92% das pessoas foram favoráveis. Fui ver como viabilizar e sugeri para as forças de segurança, no entanto, não é autorizado ainda no Brasil”, acrescentou.

Placas em locais onde é mais necessário silêncio

Em fevereiro deste ano, o vereador esteve em Brasília para discutir temas de Balneário Camboriú e foi no Ministério do Transporte e na Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito, anteriormente Departamento Nacional de Trânsito) para tratar sobre este assunto. 

“Existe um pedido de análise feito por Curitiba para autorizar a instalação de radares antirruído para desestimular os escapamentos irregulares. Porém até o momento, de acordo com o Senatran, os equipamentos testados ainda não tinham uma aferição consistente no sentido de identificar o real autor do barulho. Na visita ao Senatran sugeriram ainda fiscalização constante em pontos críticos e de forma rotineira, placas em locais onde é mais necessário silêncio, como perto de hospitais, bem como campanhas para que as empresas e plataformas de entrega não contratem pessoas com veículos com escapamentos irregulares – algo que sabemos que é defendido pelo Conseg em Balneário”, completou.

Meirinho disse que é importante que a população continue se manifestando e apoiando a PM e Agentes de Trânsito na continuidade das operações antirruído.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -