- Publicidade -
- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Carnaval de Balneário Camboriú terá blitzes e policiamento reforçado

A expectativa de numeroso público no Carnaval de Balneário Camboriú, organizadores falam em 10 mil foliões na beira mar (saiba mais aqui), para brincar ou assistir as três noites de desfile (de sábado, 18, à segunda, 20) levou as forças de segurança a planejar ações para que o feriado transcorra sem maiores problemas.

O secretário de Segurança de Balneário Camboriú, Antônio Gabriel Castanheira Junior, disse que a Operação Carnaval, será coordenada pela Guarda Municipal e Polícia Militar que atuarão junto com a BC Trânsito, que fará o desvio do trânsito. 

Atlântica fechada

A Avenida Atlântica será fechada para os desfiles sempre a partir das 19h, com o desvio acontecendo pela Rua 3.000 e as grades de proteção a partir da Rua 2.400, onde inicia a concentração dos blocos. 

- Publicidade -

O ponto inicial dos desfiles será a Rua 2.000. 

Haverá quatro pontos na Avenida Atlântica (as faixas elevadas) com abertura e segurança para os foliões poderem ir no banheiro e voltar para os blocos e também pontos para despacho de latas.

Excessos sempre preocupam 

Castanheira diz que, em sua opinião, a cidade não deveria fazer Carnaval de Rua e sim focar em recepcionar as pessoas para usufruírem dos restaurantes e atrativos, mas que como acontecem os desfiles, precisam se organizar e trabalhar em prol da segurança dos moradores e visitantes. 

“Eu sou um pouco contra o Carnaval, porque tem excesso de bebidas, o que pode gerar situações, como brigas. É a minha opinião pessoal, mas não podemos tirar o direito das pessoas comemorarem. Vejo problema no excesso e o que o excesso provoca. Vamos torcer para ocorrer tudo dentro da normalidade, como foi no Réveillon, impedindo desentendimentos que naturalmente acontecem quando as pessoas bebem demais”, explica.

Blitzes para controlar excessos

O secretário aproveita para citar que haverá blitzes no trânsito, já que as pessoas comumente bebem no Carnaval, assim coibindo que quem for beber dirija. 

“O nosso foco será atuar onde vai acontecer a concentração de pessoas, ou seja, no Centro da cidade, mas vão ter guardas e policiais pela cidade toda”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -