- Publicidade -
24 C
Balneário Camboriú

Comandante da PM de Balneário rebate conclusões da pesquisa da CDL Jovem

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Ele garante que furtos e roubos reduziram no município

O Comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar, Tenente-Coronel Daniel Nunes da Silva, procurou o Página 3 para manifestar discordância das conclusões da pesquisa da CDL Jovem, divulgada há uma semana, com indicativo de aumento da criminalidade em Balneário Camboriú.

A pesquisa ouviu 178 comerciantes e 73,2% consideraram que a pandemia da Covid-19 contribuiu para o aumento da criminalidade em Balneário Camboriú (relembre aqui)

O Comandante discorda, diz que a pesquisa mediu opinião e reflete o ‘sentimento dos comerciantes’ no mês de junho, quando aconteceram arrombamentos e furtos na região central da cidade.

- Publicidade -

“É um sentimento de insegurança, não são números tabulados, não há uma análise estatística, não é algo científico e sim uma pesquisa de opinião. Respeitamos o sentimento de insegurança e as opiniões, mas nos baseamos em números indicadores de violência, de furtos e roubos, que vêm diminuindo a cada mês”, disse.

Redução nos indicadores

Segundo o Comandante, houve redução de 15% nos furtos de 2020 para 2021 e nos roubos a redução foi de 48,9% 2020 para 2021 (dados até outubro).

- Publicidade -

Em 2019, foram atendidas 1.072 ocorrências de furto; em 2020 922 e em 2021 795 (redução de 13,7% de 2020 para 2021). Roubos foram 212 em 2019; 178 em 2020 e 93 em 2021 (47,75% de redução de 2020 para 2021).

“Reduzimos os números, mesmo no auge da pandemia em 2020. Neste ano as coisas voltaram quase ao normal e seguimos diminuindo o número de ocorrências; mas respeitamos as opiniões. Quando casos viralizam através das redes sociais, como roubos e furtos que são filmados e divulgados, também influencia quanto ao sentimento de insegurança por parte dos comerciantes”, afirmou o comandante.

O que diz a CDL

Através de sua assessoria, a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Balneário Camboriú, esclareceu que “A pesquisa reflete a percepção dos entrevistados no mês de setembro e foi realizada com o propósito de ser um dos norteadores para este trabalho que vem sendo feito pelas forças de segurança”.

Verão

A PM de Balneário está planejando o verão e aguarda reforço no efetivo. O número de policiais para trabalhar na temporada ainda não foi divulgado e depende do Comando Geral da PMSC.

“Temos um pré-planejamento e criamos um setor dentro da PM de Balneário, focado na praia central, por conta do alargamento, com o objetivo de ampliar o monitoramento com quadriciclos para evitar furtos, tráfico de drogas, dentre outros crimes, que normalmente acontecem no período noturno, por conta da defasagem que há hoje na iluminação pública da praia”, concluiu o Comandante Daniel.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -