- Publicidade -
- Publicidade -
13.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Leitora denuncia obstrução de calçada por conta de demolição no Centro de Balneário

Após questionamento do jornal, a Fiscalização foi até o local e resolveu a situação

Uma leitora procurou o jornal para falar sobre uma demolição que está sendo feita pela construtora FG, na Rua 1.822 esquina com a 1.532, no centro de Balneário Camboriú, ao lado do colégio Unificado, com trânsito frequente de crianças e adolescentes. 

As imagens mostram pedestres desviando pela rua (Divulgação/Leitora)

O problema apontado pela moradora é que foram colocados cones com fita de isolamento de forma que as pessoas ou passam pela rua ou pelo outro lado da rua.

A moradora disse que percebeu a situação há alguns dias e que entende que a construtora precisa fazer a demolição, mas também precisa resguardar a segurança dos pedestres.

- Publicidade -

O Página 3 procurou o diretor da Fiscalização de Posturas, Artur Gayer, que ficou sabendo da situação pelo jornal e disse não concordar com a forma que o local foi isolado. 

Fiscalização esteve no local e o passeio está livre com apenas um pequeno corredor na saída do caminhão (Divulgação/PMBC)

Ele foi até o local e contou que os funcionários que trabalhavam na demolição deixaram o acesso interior para os pedestres, mas que muitos preferiam ir por fora. 

“Então solicitei fazer um corredor para trazer mais segurança, essa limpeza finaliza amanhã (9) e estão colocando mais funcionários para orientar. A empresa de demolição já tem um grande know-how no ramo, mas vão redobrar a atenção. A obra de demolição está com a documentação correta e a construtora se comprometeu a fazer a calçada para maior acessibilidade, após o final da demolição”, explicou.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -