- Publicidade -
- Publicidade -
29 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Praias agrestes investem em segurança, através do projeto Bairro Seguro, lançado ano passado no Estaleiro

O Projeto Bairro Seguro, pioneiro em Balneário Camboriú, consiste no monitoramento de câmeras, aleatória e estrategicamente instaladas em pontos da praia do Estaleiro. 

O presidente da Associação de Moradores do Estaleiro (AME), Laurindo Ramos disse que a idéia surgiu após verificar a necessidade de monitorar as casas, crianças que transitam no trajeto escola-casa, e acima de tudo trazer a sensação de segurança para o bairro.

“Vendo a necessidade disso, a diretoria da Associação conversou com empresas do ramo de segurança e, após uma reunião com a comunidade, foi aprovada a Empresa Minister, por unanimidade. O projeto está ativo desde abril de 2021 e hoje atingimos o número de 10 câmeras”, detalhou Laurindo. 

- Publicidade -

Segundo Laurindo, o projeto está sendo levado também para as praias do Estaleirinho e Taquaras, formando desta forma uma rede de proteção em toda a região das praias agrestes de Balneário Camboriú.

“O projeto só tem a crescer, ainda mais com as constantes obras de construções que a região vem tendo, com isso, o fortalecimento da segurança é fator crucial para o desenvolvimento de nossa região”, explicou o presidente da AME.

Ele disse que a câmera já foi utilizada em dois momentos pelas forças de segurança na elucidação de dois crimes que ocorreram no bairro, um mais famoso que foi o furto dos canos da rede de esgoto, e outro referente a um arrombamento de casa.

Além das câmeras de monitoramento, o Projeto Bairro Seguro ainda conta com 2 câmeras OCR´s que consultam placas e auxiliam nas buscas dos entes de segurança.

Como funciona?

O sistema consiste no pagamento de R$ 37,00 mensais, onde a cada 15/20 pagantes a empresa instala uma câmera na frente da residência, com poste e câmera, voltado para rua, para a sua monitoração.

Mais investimentos em segurança

As associações de moradores, além de ter doado nos anos 2000 uma viatura para a Polícia Militar, ter construído na época também um posto salva vidas e a construção da Base de Segurança do Estaleiro há 1,5 ano, também juntamente com empresários, reformou uma antiga escola estadual no Bairro Estaleirinho, onde hoje está implantado um braço da GM Municipal com o Grupo de Proteção à Mulher e Criança, bem como, umas das áreas de Saúde de Balneário Camboriú.

- Publicidade -

“Esperamos que a população perceba os avanços e lutas praticadas pelas associações e busque fazer parte deste importante projeto denominado Bairro Seguro”, afirmou Laurindo.

Mais informações sobre o Bairro Seguro: (47) 9 8456-6862 (Tiago/Minister)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -