- Publicidade -
- Publicidade -
22.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Presença policial continua nas escolas de Balneário Camboriú: material educativo será entregue

Moradores reclamaram a ausência das forças de segurança nas escolas de Balneário Camboriú e a vereadora Juliana Pavan questionou através das redes sociais (policiais, guardas e agentes de trânsito estão fazendo a segurança dos colégios e creches da rede pública desde segunda-feira, relembre aqui). 

O secretário de Segurança da cidade, Antônio Gabriel Castanheira Junior, disse que o policiamento continua e que inclusive serão distribuídos folderes educativos nas escolas, que devem ficar prontos até esta sexta-feira (14).

Vereadora destaca a importância da segurança nas escolas

Através das redes sociais, Juliana disse que desde cedo, nesta quinta-feira, está recebendo mensagens de ‘pais aflitos’ que foram deixar seus filhos e não encontraram o policiamento conforme prometido pela prefeitura. 

- Publicidade -

“Isso nos traz uma preocupação, inclusive um alerta. Até falei na tribuna, quando parabenizei a ação imediata da segurança em Balneário Camboriú, solicitando para que essas ações possam continuar de forma permanente aqui no município, nas unidades de ensino, e não foi isso o que encontramos hoje (13) pela manhã, por isso que estou me manifestando”, disse, informando que iria buscar esclarecimentos.

Na sessão da Câmara de quarta-feira (12) a vereadora Juliana apresentou um pedido de informação à prefeitura sobre a fiscalização e os trabalhos que serão realizados para reforçar a segurança nas unidades da rede municipal de Balneário. 

De acordo com a vereadora, a segurança das escolas é uma preocupação constante da população, especialmente quando se trata da segurança dos alunos e educadores. 

Ela afirmou que é fundamental que as unidades escolares municipais cumpram as normas de segurança e sanitárias, a fim de garantir um ambiente seguro e saudável para a aprendizagem.

Para avaliar com precisão a situação das unidades escolares municipais, a vereadora solicitou os seguintes documentos: alvará sanitário de todas as unidades do Sistema Municipal de Educação; alvará dos Bombeiros de todas as unidades do Sistema Municipal de Educação; alvará da Prefeitura para funcionamento de todas as unidades do Sistema Municipal de Educação. 

Segundo Juliana, com base nesses documentos, será possível avaliar a situação das unidades escolares municipais e trabalhar em conjunto para garantir a segurança dos alunos e educadores.

Secretário de Segurança: policiamento segue nas escolas

O secretário Castanheira disse que a presença das forças de segurança segue nas escolas, mas que precisaram fazer uma readequação, mas que nesta tarde de quinta-feira já foi restabelecido o policiamento. 

- Publicidade -

“Não retiramos. Nesta manhã o que aconteceu foi que eles [guardas, PMs e agentes de trânsito] estavam na entrada e saída das escolas, mas à tarde estarão novamente, permanecendo durante todo o período como estamos fazendo ao longo de toda a semana. Nos reorganizamos com escalas e já está tudo certo”, afirmou.

O secretário pontuou ainda que essa é uma ação do governo municipal de Balneário Camboriú e que não é uma obrigação de nenhuma cidade manter policiamento nas escolas e que isso foi o prefeito Fabrício Oliveira que definiu. 

“A vereadora Juliana Pavan não tem que se meter nisso porque é uma ação de governo e não é obrigação de nenhum município manter policiamento 12h, nós que fizemos. É uma ação do prefeito, ela não tem que querer ‘surfar’, se meter para fazer política com isso”, acrescentou.

Castanheira lembrou que a Secretaria de Segurança também irá iniciar em breve visitas não somente nas escolas e creches da rede municipal, mas também estadual e privada para verificar a situação da estrutura dos colégios, como necessidade de subir muros, instalação de câmeras e detectores de metal, etc. – o objetivo é conter ameaças externas e internas. Gestores da rede pública e privada também receberam capacitação sobre segurança escolar com a Polícia Militar de Balneário Camboriú.

Folderes educativos serão entregues nas escolas

O secretário contou ainda que um folder foi preparado para ser entregue nas escolas e creches da cidade (devem ser impressos até sexta-feira, 14), e que também está sendo divulgado online (ele está reproduzido no final desta matéria), com medidas sobre o que fazer em situações de possíveis ataques. Confira abaixo.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -