- Publicidade -
26.6 C
Balneário Camboriú

Feriado deve ser movimentado em Balneário: hotelaria espera ocupação média de 60%

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Apesar de Balneário Camboriú e toda região estar em risco gravíssimo da pandemia, o feriado prolongado de Corpus Christi, que inicia nesta quinta-feira (3) deverá incrementar bastante o movimento até domingo. Os hotéis esperam ocupação de 40% no mínimo, com chance de chegar a 60% se o tempo estiver bom. A Fiscalização irá atuar, de acordo com a prefeitura, de forma intensa por toda a cidade, buscando coibir festas clandestinas e aglomerações.  

Turismo com boas expectativas

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Geninho Góes, explica que percebe que as reservas estão acontecendo em cima da hora, com o público decidindo nesta semana se virá ou não para Balneário Camboriú. 

“É um cenário muito distinto do que era antes da pandemia. Balneário tem ainda uma oferta incrível de apartamentos para aluguel e muitas pessoas têm apartamentos na cidade, então é difícil precisar um número 100% certo do movimento que teremos”, diz. 

Geninho diz que a cidade precisa estar ‘sempre pronta’ para receber o público, e que isso se reflete nos atrativos turísticos, restaurantes e comércios, que seguem à risca as normas de prevenção ao Covid-19. 

- Publicidade -

“Já virou hábito os protocolos de segurança, e é raro em um local fechado as pessoas estarem sem máscara, como em shopping ou comércio. Na rua sim você vê pessoas caminhando sim, mas em locais fechados as pessoas acabam tendo medo de serem advertidas. Não temos como dar mais orientação do que já temos nesse mais de um ano de pandemia, todos sabem como devem agir ou não. Algumas coisas são incontroláveis e hoje não há cerceamento do direito de ir e vir, lockdown, somos uma cidade turística”, acrescenta. 

40% de ocupação com chance de 60% 

A presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, Margot Rosenbrock Libório, que é proprietária dos hotéis Bella Camboriú e Rosenbrock, diz que foi feito um levantamento na terça-feira (1º) que mostrou que a ocupação hoteleira está em 40%, com possibilidade de chegar em 60% se o tempo continuar colaborando. 

“Tempo bom sempre dá uma animada no público, e como nossos turistas vêm das proximidades, como de SC e do Paraná, isso influencia muito. Se chegar a 60% já está ótimo, é um número muito positivo diante do atual cenário. Talvez no sábado (5) esse número chegue até a 70%, mas a média será 60%. O público é formado principalmente por famílias e há também o viés romântico, com os casais antecipando o Dia dos Namorados (que é no próximo dia 12)”, informa. 

- Publicidade -

Margot confirma a fala de Geninho, citando que as reservas de fato estão acontecendo em cima da hora, com os visitantes buscando reservar somente se tem certeza que poderão viajar. “Antes Balneário lotava e você não encontrava reserva para o feriado, mas se você decidir vir hoje vai encontrar hotel e com tarifas boas. O destino para se manter baixou o preço, e como cai a demanda, caem as tarifas. Há a ameaça da terceira onda da pandemia, e por isso acabamos não tendo segurança para o futuro. Os protocolos de segurança são primordiais porque é o que precisamos para seguirmos trabalhando, a responsabilidade individual também precisa ser seguida, para que os casos não aumentem”, comenta. 

Fiscalização atuará por toda a cidade 

O diretor da Fiscalização, Artur Gayer, conta que neste feriado a operação SeCuidaBC vai estar fiscalizando ‘as festas clandestinas, baladas e demais locais’. 

“Estaremos com os fiscais de postura, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal e demais forças de segurança, fazendo uma grande operação para que se faça valer o decreto do Estado”, disse. 

Os fiscais passarão também por locais públicos, como praias, Calçadão e Avenida Atlântica. Haverá plantão 24h. 

Denúncias de aglomerações ou irregularidades podem ser repassadas diretamente para a Fiscalização, através do número (47) 9.9232-0187 ou para a Guarda Municipal via 153.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -