- Publicidade -
13.3 C
Balneário Camboriú

Nova reunião para esclarecer concessão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú à iniciativa privada será nesta terça

O presidente da Santur Mané Ferrari não vai participar

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa marcou para terça-feira (15), uma nova reunião com a direção da Santur,  para esclarecer os procedimentos que levaram à escolha do Consórcio BC Eventos, única empresa que participou da licitação e que deverá ser homologada como habilitada para tocar o equipamento turístico.

O presidente da Santur, Leandro ‘Mané’ Ferrari não participará novamente, porque sua assessoria informou que ele teve a licença médica apresentada na semana passada, prorrogada por mais 30 dias. 

- Publicidade -

A expectativa ainda não confirmada é que Mané Ferrari seja substituído nesta reunião pelo Assessor Especial, que responde interinamente, Rene Meneses. Também é esperado o presidente da  Comissão Especial de Licitação  do Centro de Eventos de BC, Daniel Henrique Camargo de Souza. 

O presidente da Comissão, deputado Ivan Naatz disse que está triste, porque o presidente da Santur tem ficado doente, mas é preciso esclarecer todas as dúvidas em tempo. 

“O Centro de Eventos de Balneário é o maior do sul do país, é necessário que quem vai assumir tenha plenas condições de gerenciar o negócio, porque estamos falando de entregar um negócio de R$ 167 milhões a uma empresa por 35, 40 anos”, disse o deputado. Ele acrescentou que ‘até o dia 19 de maio tínhamos informações que o resultado da licitação não foi homologado’.

As dúvidas

O deputado segue explicando que surgiram dúvidas sobre a real capacidade, financeira e de experiência do consórcio que ganhou a licitação, formado por duas empresas, uma de Blumenau e outra da Grande Florianópolis e que tem, inclusive, ex-vereadores e assessores políticos entre seus integrantes. 

Rodolfo Espínola/Agência AL
- Publicidade -

“A ideia é realizar a reunião de qualquer forma, desde que tenham representantes oficiais que prestem as informações e os esclarecimentos solicitados”, disse o presidente da Comissão de Turismo e Meio Ambiente Ivan Naatz.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -