- Publicidade -
- Publicidade -
23 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Grupo de Dança Balanço das Ondas comemora 25 anos de história com um baile nesta sexta-feira

O evento é aberto para familiares, amigos e comunidade em geral e vai acontecer no Centro Comunitário da Vila Real 

Um baile no Centro Comunitário da Vila Real nesta sexta-feira (24), a partir das 19h, vai comemorar os 25 anos de atividades da Associação Grupo da Terceira Idade Balanço das Ondas de Balneário Camboriú.

A comunidade está convidada para prestigiar a festa. Os ingressos custam R$ 25,00 e podem ser adquiridos na hora ou reservados através do 47-999647005.

O grupo também vai comemorar a classificação que conquistou esse mês no 15º JASTI, em Criciúma, onde foi campeão absoluto na categoria Dança Popular e 3º lugar nas Danças Criativas e foi selecionado em três categorias para o Festival de Dança de Joinville 60+, que acontecerá em julho.

- Publicidade -
Coreografia ‘Eternamente Jovem’, 3º lugar Dança Criativa, nos JASTI, em Criciúma (Divulgação/GBO)

A história

A Associação foi fundada em 20 de maio de 1999. O primeiro  diretor foi Paulo Vieira Ramos. Após seu falecimento, a coreógrafa Fátima Folchini, foi convidada por Lenice Gheno para conhecer o grupo e dar uma aula, pois estavam sem professor. 

“Foi amor à primeira vista, nasceu um carinho e grande admiração entre o grupo e a coreógrafa”, disse Fátima que está há 15 anos trabalhando com o Balanço das Ondas, mais um motivo de comemoração.

A coreógrafa Fátima comemorando as conquistas (Divulgação/GBO)

“São muitas histórias de superação, acolhimento, sonhos, desafios, palcos divididos, aplausos calorosos. Muitas dançarinas e dançarinos passaram pelo grupo nesses 25, deixando saudades e  um legado”, comentou Fátima.

Ela contou que nunca tinha trabalhado com a terceira idade e depois de um ano no Balanço das Ondas, foi criado o Programa Maturidade Saudável, e Fátima começou também a dar aulas de ginástica e de ritmos na praia.

“Me apaixonei pelo trabalho com a terceira idade e nesses grupos da praia sempre convido para fazerem parte do Balanço das Ondas, quando surge uma vaga”, comentou.

Ao longo destas duas décadas e meia de história, o Balanço das Ondas, vem colecionando troféus, títulos e medalhas. Tornou-se conhecido em Santa Catarina e no Brasil, porque participa de diversos Festivais de dança da Terceira Idade. Entre eles, o Festival de Piratuba, Master Volkfest em Treze Tílias, Encontro da Feliz Idade do Mercosul e América Latina, Festival de Guarapuava, Festival Costão do Santinho, Confraria da Dança e Joinville, Festfolk em Blumenau, Festival Dança de Joinville 60+ e JASTI (Jogos Abertos da Terceira Idade), trazendo sempre premiações e destaques nas categorias Danças Populares, Dança Estilo Livre, Dança Salão conjunto e Dança Salão casal.

Atualmente o grupo reúne-se duas vezes por semana, com aulas de 2h a 2h30 cada vez. É formado por 17 dançarinos e a coreógrafa. É ela quem cria os figurinos e seleciona os tecidos utilizados. As roupas utilizadas nos espetáculos são muito elaboradas e sempre que possível é reaproveitado material de anos anteriores, para reduzir custos, além de que muitos adereços são feitos pelo próprio grupo.

Fátima disse que trabalhar com o grupo é algo que supera qualquer expectativa.

“Supera minha expectativa como profissionais e muitas vezes também como ser humano, porque ver uma pessoa que trabalhou tantos anos, cuidando da família, da casa, dos filhos, dos netos,  subindo em um palco para dançar e virar uma estrela, é realmente algo muito gratificante”, disse Fátima.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -