- Publicidade -
- Publicidade -
26.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Prêmio que incentiva publicações relacionadas à memória de Balneário Camboriú lançado nesta segunda-feira

O Prêmio destinará R$ 200 mil a projetos de publicações e podem concorrer moradores da região da AMFRI

O Prêmio Álvaro Antônio da Silva de Incentivo a Publicações de Obras Relacionadas à Memória e ao Patrimônio Histórico-Cultural de Balneário Camboriú foi lançado nesta segunda-feira (15), no Hotel Marambaia, para estimular a produção de temas da memória e do patrimônio histórico-cultural do município.

A iniciativa do prefeito Fabrício Oliveira tem mais dois propósitos: comemorar os 30 anos do Arquivo Histórico e homenagear o ex-prefeito e ex-vereador de Balneário Camboriú, Álvaro Antônio da Silva, um dos responsáveis pela criação da Fundação Cultural de Balneário Camboriú em 2004.  Desde então fez doações significativas ao acervo do Arquivo Histórico.

As regras do Prêmio, que destinará R$ 200 mil, estão no Edital de Chamamento Público nº 003/2023, que será publicado no site da Fundação Cultural (https://culturabc.com.br/). 

- Publicidade -

Por meio do edital, o Município vai repassar recursos financeiros para obras inéditas e reedições em língua portuguesa, em formato impresso e/ou digital, de autores residentes na região da Associação dos Municípios da Região da Foz do Rio Itajaí (AMFRI). 

O Prêmio prevê duas categorias: 

Macroprojetos (projetos editoriais que envolvem recursos gráficos e impressos diferenciados, como catálogos, inventários e/ou livros de arte com capas, encadernações, papéis e ilustrações especiais);

Microprojetos (projetos editoriais que envolvem recursos gráficos, impressos e digitais convencionais, como livros ou revistas em brochuras, histórias em quadrinhos, manuais, catálogos, inventários, em formato impresso e/ou e-books).

Arquivo Histórico

Inaugurado em 20 de julho de 1992, o Arquivo Histórico teve sua criação aprovada pela Câmara de Vereadores em 29 de novembro de 1993. Responsável pela gestão, guarda, preservação e divulgação do patrimônio histórico e documental do município, o Arquivo Histórico tem um acervo composto por documentos, fotografias, jornais, mapas, plantas arquitetônicas e outros registros. 

O Arquivo Histórico está localizado no prédio da Biblioteca Municipal Machado de Assis (3ª Avenida, nº 1325, esquina com a Rua 2500).

Álvaro Antônio da Silva

Técnico Contabilista e Economista pela Faculdade de Ciências Econômicas do Paraná e professor do antigo Colégio Agrícola de Camboriú de 1963 a 1967, Álvaro foi um dos fundadores do Município de Balneário Camboriú. Ele faleceu em dezembro de 2020, aos 81 anos.   

- Publicidade -

Álvaro fez parte da primeira nominata da Câmara de Vereadores e assumiu, quando exercia a presidência da Casa Legislativa, o cargo de prefeito de Balneário Camboriú após a morte de Higino João Pio, em 1969. 

Ligado à cultura, foi membro do primeiro Conselho Municipal de Cultura, em 2005, e ajudou a criar a Fundação Cultural um ano antes. Participava ativamente do “Café com História”, encontro que começou  em 2016 entre funcionários da Fundação Cultural e pessoas da comunidade que auxiliam o Arquivo Histórico na identificação de fotografias.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -