- Publicidade -
23.9 C
Balneário Camboriú
Waldemar Cezar Neto
Waldemar Cezar Neto
O autor é jornalista
- Publicidade -
- Publicidade -

Xadrez de Balneário Camboriú perde a referência de Rafael Lana Arpon

O amigo Dorival Bueno Júnior enviou e-mail avisando que o Rafael Lana Arpon, 63 anos, faleceu no sábado.

Rafael foi provavelmente o maior jogador e divulgador do xadrez na história de Balneário Camboriú, além de ser professor de gerações de estudantes.

Convivemos bastante com Rafael porque além dele frequentar o jornal, na rua 620, também aparecia sempre no vizinho Pata-Pata, bar e restaurante que reunia políticos, jornalistas e pessoas que iam à Caixa Econômica Federal, situada em frente.

Rafael, um grande jogador e professor, também militava no MDB, sempre confiante em algo inédito, pois até então seu partido nunca havia ganho uma eleição em Balneário Camboriú.

Uma ocasião o Rafael me levou em sua casa, para conhecer uma oficina de madeira torneada, onde ele produzia, entre outros artefatos, peças de xadrez. Dias depois ele me deu um belo tabuleiro de xadrez que conservo até hoje e que guardarei como lembrança de uma pessoa que foi importante para tantas outras.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -