- Publicidade -
17.7 C
Balneário Camboriú

Economia e negócios

Transição na Uvel

Após 18 anos de casa na Uvel Veículos, o gerente de vendas Jonathan Andrade se despediu da empresa neste mês de agosto. Os novos passos são direcionados ao Instituto Facilitá, junto da esposa Anaxara Kazmierczak de Andrade, que empreende o negócio há 11 anos em Brusque. Quem assume a cadeira na concessionária Chevrolet é Pedro Henrique Zanatto, que foi direcionado da Uvel Tijucas para Brusque nesta transição.

Arbitragem nos contratos

A Claro é mais uma empresa que decidiu optar pela arbitragem como uma forma de solução de conflitos. A empresa brasileira sinalizou à Anatel o desejo de abertura de uma arbitragem para resolver controvérsias nos contratos de prestação de telefonia fixa. Além da Claro, a Vivo e a OI também ingressaram com esse pedido. As empresas alegam prejuízos diante da perda de interesse do consumidor pelo serviço de telefonia fixa, tanto na qualidade local quanto a longa distância. Com essa medida, as operadoras garantiriam a sustentabilidade das concessões até o final do contrato, como a redução de obrigações do setor, porém essa compensação já havia sido negada pela Anatel, de acordo com a agência, a Lei Geral de Telecomunicações prevê que a concessionária está sujeita aos riscos empresariais quando responsáveis por seus eventuais prejuízos. O processo de arbitragem forma uma comissão com a participação de terceiros para que ocorra um julgamento final. Esse é um mecanismo previsto em contrato para solucionar possíveis problemas entre as operadoras e a Anatel.

Voto impresso

O desembargador aposentado Carlos Prudêncio falou à revista Veja sobre seu posicionamento em relação às críticas sobre a confiabilidade da urna eletrônica. Para Prudêncio, criador da urna eletrônica, o voto já é auditável. Caso haja dúvidas ainda, o magistrado defendeu que fosse usada mais tecnologia, em vez de gastar recursos públicos com a impressão de votos. Citou também como exempolo a tecnologia das criptomoedas – blockchain, que tem ganho credibilidade no mercado e são 100% digitais. Prudêncio estreou a urna eletrônica nas eleições presidenciais de 1989, quando ocupava o cargo de juiz eleitoral. Naquele ano, o equipamento foi usado pela primeira vez em Brusque.

Falta de peças

A produção de veículos retraiu 4,2% em julho na comparação com o mesmo mês de 2020. Segundo balanço divulgado pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram fabricados 163,6 mil em julho, enquanto no mesmo mês do ano passado a produção ficou em 170,7 mil veículos. A queda na produção foi atribuída, que já vinha acontecendo em junho, à interrupção das linhas de montagem em várias fábricas pela falta de componentes, especialmente os semicondutores. Várias fábricas parando por semanas ou dias têm impactado de forma bem forte, na apresentação dos dados.

Vendas

As vendas de veículos novos nacionais tiveram uma retração de 3% em julho na comparação com o mesmo mês de 2020, com o emplacamento de 150,9 mil unidades. Nos primeiros sete meses de 2021, foram licenciados 1,11 milhão, o que representa um crescimento de 28,6% nas vendas em relação ao período de janeiro a julho do ano passado. Os automóveis e veículos comerciais leves registraram queda de 4,5% nas vendas de julho sobre o mesmo mês do ano passado, com 138,6 mil unidades licenciadas. No período de janeiro a julho, entretanto, o segmento tem alta de 27,6%, com emplacamento de 1,04 milhão de unidades leves.

Fim da produção de jipe

A Ford vai seguir o cronograma desenhado em janeiro e encerrar a produção do jipe Troller no Ceará. A montagem dos carros será finalizada em setembro, enquanto a fabricação de peças será estendida até o fim de novembro. A montadora americana negocia a venda da fábrica localizada na cidade de Horizonte. Contudo, não pretende se desfazer dos direitos sobre a marca. A Ford não definiu se irá retomar a produção do Troller em outro país. 

Onix volta a ser produzido

Após um longo período com a produção interrompida devido à escassez de semicondutores, a GM anunciou que voltará a fabricar o compacto Chevrolet Onix em Gravataí (RS). Os carros serão modelo 2022. Os problemas começaram em fevereiro, com interrupções pontuais. As últimas unidades foram produzidas em abril.

Demora para resposta

Desde junho o INSS está autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a dobrar o tempo de resposta pedidos de aposentadoria (exceto as geradas por invalidez), cujo prazo passou de 45 dias para 90 dias. Para quem precisa do benefício, o novo período oficial pode ser longo e, em alguns casos, pode ser necessário recorrer à Justiça.

Prova de vida

O Senado aprovou a suspensão da prova de vida do INSS até 31 de dezembro de 2021, em razão da pandemia de Covid-19. A medida havia sido aprovada pela Câmara dos Deputados em julho e aguarda a sanção do presidente da República. Até que o presidente analise e aprove a suspensão, os beneficiários continuam obrigados a fazer o procedimento, de acordo com o calendário do INSS. Segundo o Instituto, dos cerca de 36 milhões de beneficiários do órgão previdenciário, 28,7 milhões já realizaram a prova de vida em todo o Brasil até o momento e só precisarão repetir o procedimento em 2022. A prova de vida é um procedimento previsto em lei para evitar fraudes e pagamentos indevidos.

Great Place to Work

A Havan foi certificada pela terceira vez com o selo GPTW (Great Place to Work), sendo considerada uma das melhores empresas para se trabalhar. A empresa foi avaliada pelos colaboradores das 162 lojas presentes em 19 Estados e o Distrito Federal, equipes do Centro Administrativo e do Centro de Distribuição. O selo vem confirmar as boas práticas em prol dos colaboradores, como valorização, respeito as diferenças, oportunidades de crescimento e desenvolvimento, entre outros quesitos. Segundo o gerente de RH da empresa, destaca que essa certificação tem um sabor especial, visto que só comprova que a empresa tem excelentes políticas voltadas para o bem-estar dos trabalhadores. Já o proprietário da empresa, reitera que a Havan só é gigante devido ao compromisso dos seus mais de 21 mil colaboradores. São eles que todos os dias vestem a camisa verde e amarela e levam a sério a missão de encantar os clientes.

Vinhos de altitude em SC

A lei 18.180/2021 cria a Rota Turística Vinhos de Altitude de SC. A iniciativa irá valorizar ainda mais a Serra e o Meio-Oeste catarinense e o estado. A rota será fundamental para o desenvolvimento do enoturismo, independente da época do ano. A rota abrange os municípios de Água Doce, Anitápolis, Arroio Trinta, Bom Jardim da Serra, Bom Retiro, Brunópolis, Caçador, Campo Belo do Sul, Campos Novos, Capão Alto, Cerro Negro, Curitibanos, Fraiburgo, Frei Rogério, Ibiam, Iomerê, Lages, Macieira, Painel Preto, Rancho Queimado, Rio das Antas, Salto Veloso, São Joaquim, São José do Cerrito, Tangará, Treza Tilias, Urubici, Urupema, Vargem Bonita e Videira. Só o município de São Joaquim já conta com 19 vinícolas.

Náutica

Florianópolis já tem sua Marina, somando às já existentes em Balneário Camboriú e Porto Belo. O novo local de atendimento tem novas embarcações, e estão atracadas na Marina Pier 33 de Biguaçu, região metropolitana da Capital catarinense. A nova unidade já conta com duas embarcações que estão disponíveis no sistema de cotas que a empresa oferece. A primeira, de 60 pés é uma Fairline Squadron 620, uma embarcação modelo inglês, super completa e moderna , contando com duas suítes, amplo espaço interno e fly. A segunda, com 50 pés é a Atlantis Intermarine 500, modelo esportivo da Azimut. Uma embarcação ideal para quem preza por design diferenciado e sofisticação. Esse barco conta com duas suites e amplo espaço interno e externo.

Destaque no Estado

A plataforma do Movimento SC pela Educação registra atualmente a oferta de 2,4 mil vagas de emprego ou estágio nos setores de indústria, comércio, serviços, transporte e agricultura em Santa Catarina. As oportunidades são oferecida em todas as 16 vice-presidências regionais da Fiesc e também fora do Estado. A região do Vale do Itajaí-Mirim, onde está localizada a regional de Brusque é destaque no Estado com 851 vagas ofertadas. A ação está alinhada ao novo ciclo do Movimento SC pela Educação, com foco na recolocação de profissionais qualificados no mercado de trabalho, e está vinculada ao programa Travessia, que orienta a reinvenção da economia para transformar SC em referência em desenvolvimento sustentável. A Plataforma é uma iniciativa das Federações das Indústras  (Fiesc), Comércio e Serviços (Fecomércio), Agricultura (Faesc) e Transportes (Fetrancesc).

Turismo no Vale

No dia em que comemorou 52 anos de uma atuação consolidada para o fomento do desenvolvimento econômico da região, a Associação dos Municípios do Médio Vale do Itajaí (Ammvi) passa a se chamar Associação de Municípios do Vale Europeu (Amve). A nova marca foi apresentada no início do mês, em uma entrevista coletiva para a imprensa e por meio de uma live. A mudança também deve ser reforçada em uma campanha institucional ao longo do ano. A ideia foi aprovada pelos prefeitos com o objetivo de fortalecer o que os 14 municípios têm em comum: a colonização europeia.

Clima

O Painel Intergovernamental sobre o Clima, da ONU, mostra um futuro sombrio para o planeta, para o Brasil e para SC. No caso brasileiro severas secas no Norte e Nordeste e grandes tempestades no Centro e no Sul, onde fica SC, que já conhece, de cátedra, as violências climáticas bem mais fortes que as ocorridas nos vizinhos Paraná e Rio Grande do Sul.

Espertalhões

Pelo menos 800 candidatos que concorreram às eleições de 2020 não tiveram um só voto, nem o seu, revela a ONG Transparência Partidária. Mas, com toda certeza, botaram no bolso dinheiro do Fundo Eleitoral, sem fazer sequer uma caminhada. Bando de safados.

Conciliador

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), o catarinense Marco Buzzi, foi reconduzido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o Comitê Gestor da Conciliação, um grupo de trabalho que vem atuando desde 2008 com o objetivo de dar efetividade ao projeto de divulgação e incentivo de métodos alternativos de solução de conflitos (Mediação, Conciliação e Arbitragem). Buzzi faz parte do comitê desde sua criação, quando ainda era desembargador do TJ-SC. Em 2016, Buzzi esteve em Blumenau, no Secmasc (Seminário de Conciliação, Mediação e Arbitragem de SC), quando fez palestra para mais de 500 participantes.

CNH

Um projeto de lei no Congresso propõe uma categoria simplificada para a CNH para atender condutores de motocicletas ou ciclomotores de até 250 cilindradas em cidades com menos de 100 mil habitantes. Não há consenso ainda. O curioso é que nas discussões entre os trocentos especialistas convidados para discutir o assunto não se tocou no fato de que, hoje, o custo de uma habilitação para dirigir tais veículos chega a representar até 30% do valor deles. Não é só um absurdo, é um roubo.

Corte do auxílio

Uma portaria definiu as regras do pente-fino do INSS em 170 mil auxílio-doença sem data de encerramento que estão há mais de seis meses sem perícia. Segundo a portaria, o segurado tem 30 dias após a convocação para agendar a perícia. Quem não responder ao aviso terá o benefício suspenso e, após 60 dias, cancelado definitivamente.

Operadoras na Justiça

A Abramge (Associação Brasileira de Planos de Saúde) entrou com uma ação na Justiça Federal do RJ para alterar o cálculo de reajuste dos planos individuais. Para a associação, a redução da mensalidade deveria ser de 6,91% e não de 8,19%, como determinado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). De acordo com a agência reguladora, o resultado do índice reflete a queda na utilização dos serviços da saúde suplementar e a consequente redução das despesas assistenciais para o setor em 2020 em virtude da pandemia Covid-19.

Inflação de julho

A inflação oficial do país, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) voltou a acelerar e registrou variação de 0,96% em julho. Puxada pela luz, mais cara, o resultado é o maior para o mês desde 2002, quando bateu 1,19%. A alta ocorreu após avanço de 0,53% em junho, segundo o IBGE. Com o resultado de julho, o IPCA chegou a 8,99% no acumulado de 12 meses. Dos nove grupos, oito tiveram alta no mês. Maior variação (0,31%) e maior impacto (0,48%) vieram de habitação.

Serviço bancário

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou um projeto de lei complementar que proíbe a cobrança, por parte de toda a rede bancária, de tarifas por serviços não utilizados pelo consumidor. O projeto altera a lei de 1964 sobre a política e as instituições monetárias, bancárias e creditícias.

Jornais espanhóis

Anunciado como “o novo diamante de Paris” pela mídia francesa, Lionel Messi deixou os franceses em frenesi. Os jornais espanhóis por outro lado, noticiaram a contratação do craque pelo PSG com muito desânimo. “Dói muito” escreveu o jornal catalão Sport, em uma nota de apenas 15 linhas com as informações básicas. O jornal Mundo Desportivo se disse “sem palavras” e também adotou um tom de lamento misturado com conformação.

Mais iguais

Causou estupor a informação das dívidas milionárias de ICMS de grandes empresas instaladas em SC. Assombro e raiva porque parecem mais iguais que tantas outras milhares, enquanto como MEI ou Simples, que se devem R$ 1 de IPTU, ISS ou qualquer contribuição, entre elas as federais do INSS e Receita, por exemplo, não conseguem certidões negativas de débito, sem que enfrentam limitações ou tem seus direitos bloqueados em várias de suas ações, como obtenção de empréstimos. Pergunta: como aqueles devedores conseguem e de forma aparentemente rápida e fácil?

Loterias

Está prestes a ser votada a regulamentação do Serviço Público de Loterias Estaduais em SC. Pelo texto, será delegado a particulares, por meio de permissão, precedida de processo licitatório. O permissionário não terá direito a exploração exclusiva, limitando-se também ao território catarinense.

Bobagem

Resultado do histerismo ecológico, o atual Código Estadual do Meio Ambiente não autoriza, nem excepcionalmente, a remoção e a utilização da vegetação, como material lenhoso, afetada por fenômenos climáticos. Uma lei estadual está sendo gestada para eliminar o burro excesso burocrático.

Consumo consciente

O perfil de gastos e a construção de patrimônio da geração nascida entre 1995 e 2010 já reflete uma mudança radical de prioridades ao longo dos anos. Segundo especialistas, mesmo os que começam a ter renda própria, a expectativa é que a casa e o carro próprio fiquem para depois. Começamos a falar de economia compartilhada. É o caso de usar aplicativos de transporte, por exemplo.

Nos prédios

A pessoa tem o direito de chamar a polícia, mas o melhor caminho é a comunicação para os órgãos de gestão do condomínio. Com as vitórias brasileiras nas Olimpíadas de Tóquio, pode ter sido difícil controlar a emoção. Mesmo com o fim dos jogos olímpicos, campeonatos de futebol como o Brasileirão, seguem mexendo com os ânimos. Antes de pensar em polícia ou medidas judiciais, o condômino que se incomodar com ruídos de outro apartamento pode tentar interfonar para o vizinho e buscar resolver isso com diálogo. Caso o morador não se sinta confortável, pode acionar a portaria para que o porteiro tente resolver o problema. Se for uma festa na área comum, a responsabilidade de controlar é do síndico. Se o diálogo não for suficiente, é indicado acionar o síndico e reportar o problema no livro de ocorrências ou reclamações do prédio.

Mercado de trabalho

Os Métodos Alternativos de Solução de Conflitos (MASCs) abrem novos mercados de trabalho para advogados. Entre as vantagens de ser árbitro ou mediador estão a flexibilização na carga horária, possibilidade de atuar em várias empresas, um novo mercado de trabalho e uma forma eficaz e rápida de resolver o conflito do cliente. Com a crescente popularização dos MASCs, o campo de atuação para advogados e outros profissionais que trabalham na área tem aumentado cada vez mais. Negociação, conciliação, mediação e arbitragem ampliam o mercado de trabalho de diversas formas, ao contrário do que muitos ainda receiam. Não é perda de mercado, mas sim ampliação.

Atrasados do INSS

O segurado que vence o INSS na Justiça e tem valor maior do que 60 mínimos para receber vai ter a grana por meio de precatório. O pagamento desses atrasados ocorre uma vez por ano. A espera, nesses casos, pode levar até dois anos ou mais. Já as RPVs (Requisições de Pequeno Valor) são quitadas em até dois meses após a ordem de pagamento do juiz.

Mudanças no Imposto de Renda

Pela proposta em discussão, a primeira faixa de renda da tabela do Imposto de Renda pessoa física será reajustada em 31%, o que aumenta a faixa de isenção. Por outro lado, a proposta limita o desconto simplificado para quem recebe até R$ 40 mil por ano. Quem ganha acima disso só terá a opção de fazer a declaração completa. O projeto, se aprovado, começará a valer em 2022.

Planos adiados

Viajar com a família, trocar de carro, investir em um negócio próprio ou colocar os filhos na escola particular. Planos como esses sempre fizeram parte do cotidiano das famílias brasileiras, mas precisar abrir mão deles tem se tornado algo mais frequente. Enquanto o país comemora o avanço na vacionação para conter os efeitos trágicos da Covid-19, é preciso contornar os problemas que a crise sanitária agravou. Nesse contexto, contra a melhora no bem-estar da população pesam desemprego, inflação, queda de renda e dificuldade de voltar ao mercado de trabalho após períodos mais longos sem ocupação. Essa realidade tem levado a um corte de orçamento durante e após o pior da pandemia.

Supera, agora em Brusque

Há quinze anos o Método Supera se dedica a exercitar o cérebro de milhares de pessoas no Brasil e a boa notícia é que a estimulação cognitiva de excelência agora estará à disposição dos moradores de Brusque, em SC. A prática de ginástica cerebral é uma atividade que estimula neurônios e ativa áreas distintas do cérebro, potencializando as habilidades cognitivas, como atenção, memória, raciocínio, entre outras. Os serviços estão disponíveis no Centro, na Rua Moritz Germano Hoffmann.

Alternativa para litígios jurídicos

Quando um cidadão ou empresa precisa resolver uma pendência na Justiça, lá se vai muito tempo de espera. Sabe-se que o Judiciário é lento e que um processo não é julgado em menos de quatro anos. Não raro, o litígio pode levar 10 ou 20 anos para ser concluído, já que sempre cabem recursos e as brechas na lei muitas vezes dão margem a interpretações diferentes. Além da morosidade, o Judiciário está abarrotado de processos e seus profissionais não são suficientes para dar andamento a todos os casos. Na tentativa de minimizar alguns desses problemas, foi criada a Lei Federal 9.307 de 23 de setembro de 1996, instituindo a Arbitragem no Brasil, através de Tribunais ou Câmaras de Mediação e Arbitragem.

Força de SC O setor de comércio e serviços de SC é sinônimo para a palavra reinventar. Nesse último ano e meio, foi um processo de descobertas e transformações para se manter ativo no mercado e sem grandes perdas. Considerado uma das grandes forças, o setor de comércios e serviços é responsável por 53,4% do PIB do estado. São mais de 686 mil empresas, que geram 55% dos empregos catarinenses. Uma das principais ações que permitiu o setor se manter ativo foi a migração para um modelo híbrido, trabalhando não mais apenas com o modelo presencial, mas investindo no on-line. De acordo com os dados da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgado pelo IBGE no início de 2021, o estado fechou 2020 com aumento de 5,6% nas vendas do comércio. A exploração de novos canais de venda, voltados para o e-commerce e o delivery, sem dúvida, fizeram toda a diferença, para que mesmo em um cenário tão adverso, o comércio do estado pudesse se manter forte e, em alguns momentos e segmentos mais específicos, até mesmo apresentar  crescimento.

- Publicidade -
Augusto Cesar Diegoli
Contabilista aposentado, graduado em Direito pela Univali (ex-Fepevi), pós graduado em Direito tributário e Finanças Empresariais pela Furb, árbitro/mediador e diretor da Câmara de Mediação e Arbitragrem de Brusque e diretor da Facema - Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem.
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -