- Publicidade -
21.4 C
Balneário Camboriú

Mala Direta

CREDIBILIDADE
Pouco tenho visto a CPI da Covid-19, em razão de não acreditar numa comissão que tem como relator Renan Calheiros. Também me distancia dela o fato de saber que ali ninguém está a fim de encontrar os verdadeiros culpados pela tragédia que virou essa doença em nosso país, com mais de 450 mil mortos, até agora. Não precisa de CPI para sabermos que o Presidente da República é negacionista e zomba das políticas do próprio Ministério da Saúde. Demorou pra comprar vacinas, se recusa a usar máscara, não evita aglomerações. Se nega inclusive a tomar a vacina, não importa de onde for. Ou seja, é um palco armado para a eleição de 2022. Inclusive visando governadores e prefeitos.

VACINA
A campanha de vacinação está longe de caminhar a passos largos como todos nós gostaríamos, em parte pela falta de insumos e também porque chegamos atrasados para comprar um produto que todo mundo sabia que ia faltar no mercado. É a tal da oferta e procura. Para não dizer que não dá para piorar, o mandatário mor do país ainda arruma confusão toda semana, quando abre a boca, e atrasa a chegada dos insumos para sua fabricação. Mas, como bom brasileiro que já sobreviveu a Collor, Sarney, Itamar, FHC e Lula, vamos sobreviver também a Bolsonaro. Somos resilientes.

Vitrine

  • Alargamento da praia central anda em ritmo acelerado e em breve nossa praia vai estar de cara nova. Considero um marco na história da cidade. Vai ter o antes e o depois da reurbanização da Atlântica e da praia. Os imóveis devem valorizar bastante. Vai ficar top.
  • Antes a corrida era para ver quem fazia o edifício mais alto e a largada foi dada pela construtora H. Schultz há mais de 30 anos com o Edifício Imperatriz e seus 30 andares. Agora, além da altura, estão disputando as grandes construtoras qual o elevador mais rápido. O setor de construção civil de BC sempre andou na vanguarda na América do Sul.
  • Equipe da Emasa está limpando as bocas de inspeção de esgoto pelas ruas da cidade, um trabalho que merece aplausos e que com certeza traz resultados. O que os motoristas andam reclamando ou melhor buzinando muito, é pela falta de sinalização nas vias em que trabalham. A gritaria é grande.
  • Semana passada, acompanhei um pessoal até a praia de Laranjeiras e pude constatar que o visual da praia tá muito feio. Está um emaranhado de bares mal acabados e que, por consequência, atrai um público do mesmo nível. Considero Laranjeiras como uma das praias mais lindas do mundo. Basta olhar lá de cima do Parque Unipraias para se encantar. Mas, lá embaixo a coisa tá feia. Merece uma repaginada.
  • O camelô em frente à igreja Santa Inês está cada dia melhor e a reforma das ruas internas e o telhado novo ficaram muito bons. Precisa cuidar para não deixar avacalhar e permitir que comecem, a exemplo de cidades como São Paulo, a colocar produtos pelo chão. Como vêm fazendo os vendedores de tapetes. Se postam bem na entrada do acesso pela avenida central. Cadê a fiscalização?
  • Tem vereador querendo liberar cachorros na faixa de areia, animais de grande porte em condomínios, diminuir terrenos para lavação de carros e por aí vai. Será que num momento em que o país passa por uma das maiores crises sanitárias e financeiras da sua história é disso que precisamos tratar agora? Até porque na cidade as calçadas já estão cheias de cocô de cachorros e a praia ainda é um salvo conduto para quem caminha, e o que não falta na cidade é lavação de veículos. Será?
  • O Bondindinho definitivamente saiu de circulação e muita gente que usou anos a fio esse meio de transporte e de passeio lamenta seu fim. Muitos de nós que moramos aqui há bastante tempo, usávamos o Bondindinho para voltar das noitadas na Barra Sul, levamos os filhos para passear, até tirávamos um cochilo depois do almoço enquanto ele serpenteava pelas avenidas. Os aposentados também vão sentir falta, era sem dúvida o seu meio de transporte favorito (de graça). Fazia parte da história da cidade.
  • Tem muita gente andando de motos elétricas e similares sem capacete. O risco é de quem anda, mas a conta do SUS quando se arrebentam é de toda sociedade. Melhor fiscalizar e prevenir do que correr atrás do prejuízo depois.
  • Amigos e familiares estiveram no Beto Carrero na semana passada e saíram de lá encantados com a organização e as atrações. O Beto Carrero é o motor que impulsiona o turismo em toda região. Bom demais.

ESSE ANO FAÇA CERTO. USE MÁSCARA. FAÇA A SUA PARTE.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -