- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Novidade na rede estadual é o Novo Ensino Médio: alunos terão aulas diferentes a partir deste ano

Em todo o Brasil, e consequentemente em Santa Catarina e em Balneário Camboriú, começa a ser implantado neste ano o Novo Ensino Médio, que inclui carga horária ampliada e currículo mais flexível. 

A novidade está presente tanto nas escolas públicas quanto na rede privada, que retorna com as aulas 100% presenciais na segunda-feira (7). 

O novo modelo será implementado para os alunos do 1º ano do Ensino Médio de todas as escolas da rede estadual, além dos estudantes matriculados nas 120 escolas-piloto catarinenses, que já oferecem a novidade desde 2020. 

Em Balneário, a Escola de Educação Básica Professora Francisca Alves Gevaerd era uma das pilotos.

.

Novo Ensino Médio para novos alunos do 1º ano

Balneário Camboriú possui sete escolas estaduais, incluindo o CEJA (Centro de Educação de Jovens e Adultos), onde estudam ao total 3.397 alunos (577 no Ensino Fundamental e 3.360 no Ensino Médio). 

Segundo a gerente regional da Educação, Cleonice Monteiro Berejuk, em Santa Catarina o Novo Ensino Médio começará a ser implantado neste ano para os alunos do 1º ano e até 2024 estará em todas as turmas. 

No caso, os alunos que estavam no 1º e 2º e agora estarão no 2º e 3º respectivamente, continuarão no molde regular. 

A mudança que o Novo Ensino Médio traz vai aumentar a carga horária total ao longo dos três anos que vai passar de 2400 horas para 3 mil horas/aula. 

Das 3 mil horas, 1800 horas serão destinadas para as disciplinas obrigatórias da base Nacional Comum Curricular e 1200 horas para os itinerários formativos.

Aulas retornam nesta segunda-feira com novidade (foto SED SC)

Cleo salienta que os desafios já vêm sendo vencidos porque o Estado desde 2018 vem se organizando para o Novo Ensino Médio. 

Os nossos professores receberam capacitação, tem formação continuada, o Estado tem um documento que dá toda a base para o Novo Ensino Médio, que é o currículo do território catarinense para o Novo Ensino Médio. SC foi inclusive o primeiro estado do país a ter esse documento finalizado, que foi começado ainda em 2019 e entregue em 2021”, relata.

Ela lembra que os professores também passaram por cursos nos últimos anos e estão animados e motivados para iniciar o ano. 

Tínhamos sete escolas pilotos na região que já estavam trabalhando a proposta, dentre elas o Francisca Alves Gevaerd, em Balneário. Os professores trocavam experiências com os de outros colégios, estamos com excelentes expectativas”, aponta.

.

Conheça o novo currículo

Entenda como será o Novo Ensino Médio (foto MEC)

Junto com esse currículo, SC tem portfólio com componentes curriculares eletivos e trilhas de aprofundamento. Os componentes e trilhas fazem parte da parte flexível do currículo e abrangem áreas como investigação científica, processos criativos, empreendedorismo, mediação e intervenção sociocultural. 

Dentro desses aspectos há componentes que serão trabalhados com o Ensino Médio. Nas trilhas de aprofundamento existem 25 possibilidades de trilhas. O aluno pode, por exemplo, definir em qual área quer se aprofundar – por exemplo, Matemática, ou então trilha profissionalizante (poderá buscar escola que oferece a trilha de curso profissionalizante). As trilhas vão acontecer só a partir do 2º ano, em 2023”, explica Cleo.

Neste ano de 2022 o diferencial na rede estadual vão ser os componentes curriculares eletivos, além da segunda língua estrangeira – que na região de Balneário Camboriú vai ser espanhol. 

Dentro da grade vai entrar espanhol, já que o inglês já era base comum, e o espanhol passa a ser a segunda língua, que todos os alunos terão. Na parte flexível terão nos três anos de Ensino Médio o projeto de vida, componente que tem objetivo de compartilhar experiências que despertem interesse no aluno; com isso queremos que o aluno desenvolva o protagonismo, dentro desse componente curricular, com isso vai ser responsável pelas escolhas ao longo do processo de ensino. Enquanto está fazendo o projeto de vida dele, vai verificar o que quer fazer a partir do 2º ano (curso profissionalizante, buscar vaga no mercado de trabalho, se quer estudar mais matéria x pensando na faculdade/vestibular, etc.)”, conta. 

Durante o 1º ano, com ajuda do professor, o aluno irá começar a criar o percurso que vai percorrer a partir do 2º ano. 

“O Novo Ensino Médio é focado em fazer o aluno estudar a vivência dele, com assuntos atuais. Por exemplo, acontece um terremoto lá na China, isso já é trazido para sala de aula, dentro das disciplinas”, acrescenta. 

Para essas novas disciplinas a SED optou por manter os professores que conseguem absorver as aulas, mas se não for possível serão contratados novos, com o processo seletivo que abriu em 2021.

.

Como será a carga horária – SC tem quatro matrizes

Alunos irão ser incentivados a planejarem seu futuro profissional (foto SED SC)

As escolas de SC, incluindo Balneário, têm à disposição quatro matrizes que podem ser escolhidas de acordo com o que se encaixa mais na realidade da comunidade escolar: Matriz A integral (31 horas/aula – 5 aulas diárias + 1 dia em período integral; 

  • Matriz A estendida (31 horas/aula – 4 dias com 6 aulas cada + 1 dia com 7 aulas; 
  • Matriz B (35 horas/aula – 3 dias com 5 aulas cada + 2 dias em período integral); 
  • Matriz C (44 horas/aula – 3 dias de 10 aulas cada + 2 dias de 7 aulas ou 4 dias de 10 aulas + 1 dia de 4 aulas). 

As matrizes foram escolhidas ouvindo os alunos, analisando espaço físico das unidades, às vezes a escola não consegue oferecer contraturno, e terá que oferecer matriz estendida. Mas nada impede que hoje quem oferece matriz estendida passe por obras e comece a ofertar matriz contraturno, pode ser moldado, sempre atendendo a necessidade do aluno”, pontua.

.

Aulas 100% presenciais e alunos poderão solicitar Bolsa Estudante

As aulas serão 100% presenciais, sem tempo escola x tempo casa (modelo híbrido), mas os cuidados como uso de máscara, higiene com álcool gel e ventilação dos ambientes continuam.

O Estado está investindo forte para que o Novo Ensino Médio aconteça mesmo, e para isso também temos a Bolsa Estudante, para alunos que vão cursar o Novo Ensino Médio e que possuem realidade socioeconômica não muito favorável possam ter um apoio, e terão direito a esta bolsa, que será paga em 11 parcelas de R$ 568,00”, completa.


- Publicidade -
- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: