- Publicidade -
28.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Presentes de Natal: comércio espera aumento de 30% nas vendas em relação a 2020

O Natal é tradicionalmente a ‘grande época’ de vendas para o comércio e em Balneário Camboriú não é diferente. Neste ano, com o movimento ‘pós-pandemia’ muitas pessoas estão ainda mais motivadas a presentearem seus familiares e amigos. Vale lembrar que muitos também já se anteciparam e compraram os presentes de Natal na Black Friday, no final do mês de novembro. 

.

Presentes preferidos

Os tempos mudaram e hoje as crianças e adolescentes preferem ganhar eletrônicos.

Galaxy Z Flip

Os pais que quiserem presentear seus filhos com os celulares de ‘última geração’, por exemplo, tendem a desembolsar bastante. O iPhone 13 Mini custa a partir de R$ 5,8 mil, mas o Pro Max ultrapassa R$ 15 mil; já as opções da Samsung são mais ‘em conta’ – o Galaxy Z Flip aparece a partir de R$ 4 mil, mas pode chegar ao dobro. 

Airpods

Os famosos AirPods estão custando, em média, R$ 1,1 mil, mas há versões [sem ser da Apple] muito mais baratas como os da Xiaomi, por R$ 89,70. Ou seja, quem quer economizar deve pesquisar.

Play 5

Entre os brinquedos há os campeões de venda entre as meninas, a Lol Surprise, que pode custar a partir de R$ 59, mas pode chegar a mais de R$ 500 (versão Maleta Lol Bigger Surprise), além da Baby Alive, que custa em média R$ 99 e ainda as clássicas Barbies, que também variam muito de preço, mas as mais simples podem custar a partir de R$ 36. Para os meninos há as pistas da Hotwheels, com opções a partir de R$ 140, mas que também podem ser mais caras; o sonho de muitos meninos (e de seus pais!) é ganhar o Play 5 – que está custando mais de R$ 7 mil.

Comércio com boas expectativas

Rosemari Tomazoni

A presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista de Balneário Camboriú e Camboriú (Sindilojas BC), Rosemari Tomazoni, destaca que o Natal é a data mais esperada pelos comerciantes. 

Ela cita uma pesquisa feita pela Fecomércio em sete cidades de Santa Catarina, incluindo Balneário Camboriú. 

“O setor mais beneficiado tende a ser o de vestuário (35.6%), seguido dos brinquedos (22.8%) e calçados (15.7%). 

A pesquisa de preços também vem se destacando bastante, se tornou um hábito diante da inflação. 

As pessoas querem economizar, e isso se reflete no número que antecipou as compras de Natal investindo na Black Friday – 16%. Acredito que vamos sentir ainda mais, nesses próximos dias, o aumento no movimento. Temos certeza que vai haver um consumo muito grande. Estamos otimistas e acreditamos que haverá, em Balneário, um aumento de 30% nas vendas em relação à 2020, que foi um ano complicado por conta da pandemia. 

30% é um número muito positivo considerando tudo que nos aconteceu, e vejo que as pessoas estão motivadas e querem presentear, nem que seja com um mimo”, diz.

Efeitos positivos

Com a retomada gradual da economia e da renda da população, o comércio é o primeiro setor a sentir os efeitos positivos neste final de ano. 

Com a expectativa de Balneário ter um dos melhores verões dos últimos tempos, especialmente pela demanda reprimida do turismo, os comerciantes da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) acreditam que devem recuperar parte das perdas sentidas em 2020, com a pandemia.

Vilton Santos

Para ajudar a movimentar as vendas e chamar a atenção para o comércio de Balneário neste final de ano, a CDL BC criou o concurso de experiências “Viagem de Encantos Natal BC”, com o objetivo de premiar empresas e lojas que desenvolverem as melhores experiências de compras aos seus clientes. 

38 lojas estão participando e o resultado com os vencedores deve sair no início de janeiro. 

“Esta é a primeira edição, mas a nossa intenção é tornar o concurso uma tradição no comércio local. Tradicionalmente no Natal, os setores com maior adesão do público são os de maior valor agregado, como itens para a casa, eletroeletrônicos, tecnologia, brinquedos e moda”, comenta o presidente da CDL-BC, Vilton Santos.


- Publicidade -
- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -